Está aqui

Aeródromo de Ponte de Sor

Ponte de Sor vai produzir aeronaves ligeiras e criar 1200 empregos

O Aeródromo Municipal de Ponte de Sor, em Portalegre, vai acolher a produção da primeira aeronave ligeira integralmente feita em Portugal, cujo primeiro protótipo deverá estar concluído em 2023, avançou o município à Lusa.

Hugo Hilário, presidente da autarquia, falava à Lusa após o encerramento do primeiro dia da cimeira aeronáutica Portugal Air Summit, que decorre até ao dia de hoje, sexta-feira, na cidade alentejana. “A parte da industrialização da aeronave será em Ponte de Sor, devido às condições do aeródromo”, referiu.

ALENTEJO VAI PRODUZIR MÁSCARAS DE OXIGÉNIO PARA AVIÕES SUPERSÓNICOS

A informação foi adiantada pela autarquia e refere que está já decidida a instalação de uma fábrica de máscaras de oxigénio para aviões supersónicos em Ponte de Sor.
 
A empresa, que é francesa, pretende iniciar a operação de instalação em abril do ano que vem e vai criar cerca de 35 postos de trabalho, que se juntam aos cerca de 200 que o aérodromo de Ponte de Sor já criou com uma empresa de componentes para aviões, com uma empresa de manutenção de ultraleves, uma empresa de produção de drones e uma escola internacional de pilotos de aviação.