4 Junho 2016      11:26

Está aqui

RIOS E ALBUFEIRAS DO ALENTEJO: OS PIORES DO PAÍS

O Relatório do Estado do Ambiente (REA) 2015 foi apresentado, ontem, sexta-feira, em Lisboa, e revela que a qualidade dos rios e albufeiras do Alentejo é a pior do país.

No panorama geral nacional, mais de metade das águas superficiais – 52% - são classificadas com uma qualidade boa ou superior, o mesmo resultado que há seis anos.

Esta não-evolução e melhoria da qualidade das águas superficiais nacionais é motivo de preocupação e arrisca o não-cumprimento do proposto no Compromisso para o Crescimento Verde de abril do ano transato, onde Portugal se comprometia até 2021 a passar de 52% a 79,8% de águas superficiais com uma qualidade boa ou superior; mais, espera-se quem em 2027 todos os rios e albufeiras nacionais se enquadrem na classificação referida.

Estas classificação é obtida através de uma análise que resulta da combinação do estado e potencial ecológico e químico das águas e, no Alentejo, os resultados obtidos foram desanimadores. Mais de 60% dos rios e albufeiras da região hidrográfica do Guadiana e do Sado e Mira, foram classificados com um nível “inferior a bom”.

Leia aqui o Relatório Completo.

 

Imagem daqui

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.