Está aqui

Tecnologia

Santiago do Cacém investe em pesado para resíduos de grandes dimensões

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém adquiriu uma nova viatura para a recolha de resíduos urbanos, no valor de 104.550 euros.

A nova viatura irá suprir as dificuldades de recolha de resíduos de grandes dimensões, que resultam segundo aquela autarquia alentejana "do envelhecimento da atual viatura e da sua intensa utilização associada à dispersão geográfica que caracteriza o Concelho de Santiago do Cacém".

Hospital de Elvas ganha Clínica de Alta Resolução

O Alentejo 2020 aprovou a candidatura “Reestruturação do Ambulatório do Hospital de Elvas em Clínica de Alta Resolução”, um projeto de reetruturação no Hospital de Santa Luzia em Elvas e que prevê a instalação de uma Clínica de Alta Resolução naquela unidade de saúde e que pretende assegurar anualmente entre 35 a 40 mil consultas, 5500 exames especiais e 2200 cirurgias.

Galp investe em central fotovoltaica em Odemira

Trata-se de uma estreia na energia fotovoltaica da Galp Energia e vai acontecer em Odemira, onde a empresa aguarda licenciamento para a construção de uma central com uma capacidade de produção de seis megawatts (MW), em regime de mercado, projecto este que já foi considerado de relevante interesse municipal. Este pedido de licenciamento aguarda no entanto parecer da Direcção-geral de Energia e Geologia (DGEG).

PRODUÇÃO FOTOVOLTAICA NO ALENTEJO FORÇA REN A NOVOS INVESTIMENTOS

O aumento da produção fotovoltaica no Alentejo leva a Redes Energéticas Nacionais (REN) a propor no seu Plano de Desenvolvimento e Investimento na Rede de Transporte de Eletricidade, o PDIRT-E, que está em consulta pública desde ontem, a propor um investimento de cerca de 70 milhões de euros em projetos para receber a nova produção fotovoltaica entre Ferreira do Alentejo e Ourique e que entre projetos instalados e pedidos de instalação, totaliza mais de 3 mil megawatt de energia produzida.

LIGAÇÃO FERROVIÁRIA ÉVORA-ELVAS AVANÇA DENTRO DE 30 DIAS, DIZ GOVERNO

O compromisso foi dado ontem pelo ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, que dentro de "30 dias será lançado o concurso relativo à ligação ferroviária Évora-Elvas", naquele que será «o maior concurso de há muitos anos»,estimado em «cerca de 400 milhões de euros» e que marcará um "momento de viragem na ferrovia portuguesa", concluiu. Para Pedro Marques a ligação Évora-Elvas será o maior concurso de linha férrea nos últimos 100 anos, que vai fazer uma ligação entre o Porto de Sines e o resto da Europa.

PONTE DE SOR : ESCOLA DE AVIAÇÃO INVESTE MAIS DE 5 MILHÕES EM AMPLIAÇÃO

A multinacional L3 CTS, que comprou a escola de aviação G Air no final do ano passado, prepara-se para ampliar as suas instalações em Ponte de Sor, com o intuito de aumentar de 150 para 500 o número de pilotos formados anualmente, como avança a publicação especializada "the journal for civilaviation training".
 

ÉVORA COM POLO DEDICADO À AGRICULTURA DE PRECISÃO

Vai nascer na Universidade de Évora um polo de investigação dedicado à agricultura de precisão.

Este polo nasce no âmbito de um novo programa de investigação do instituto alemão Fraunhofer e será apresentado amanhã, 15 de fevereiro, com Manuel Heitor - Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

ALTA VELOCIDADE FERROVIÁRIA BLOQUEADA EM ÉVORA

As promessas de linhas ferroviárias de alta velocidade a passar por Évora mereceram o entusiasmo da autarquia (PS), empresários e da população. Estávamos em 2007 e a aquela cidade alentejana contava então ser a única cidade a fazer paragem ao TGV que ligaria Lisboa a Madrid. A estação, que mereceu lançamento de primeira-pedra, iria ser construída junto ao nó da auto-estrada A6, próximo de Azaruja, a cerca de uma dezena de quilómetros da cidade.

PORTO DE SINES LIDERA RANKING NACIONAL

O Porto alentejano de Sines continua a ser o porto nacional com maior movimento de cargas, representando mesmo mais de metade do valor global nacional com 52%, dados da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT).

Em 2016, o Porto de Sines cresceu 16,4%, comparativamente a 2015, o que representou 51 milhões de toneladas.

ÉVORA DISCUTE IMPACTO DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS NA AGROPECUÁRIA

As alterações climáticas vão ser o tema central da 10.ª edição das Jornadas Hospital Veterinário Muralha de Évora, entre 2 e 3 de março, em Évora.
 
Trata-se de um evento relevante a nível Ibérico, na área da produção pecuária e equinos e destina-se a produtores pecuários, criadores e proprietários de cavalos, médicos veterinários, enfermeiros veterinários, auxiliares veterinários, estudantes bem como a outros profissionais do sector agro-pecuário.
 

Páginas