Está aqui

Tecnologia

HÁ MAIS SINES ALÉM DE… SINES

Há mais Sines além de Sines. Foi isto que concluiu, esta semana, uma equipa do Departamento de Física da Universidade de Évora no Castelo de Sines – séc. XV - onde, através do uso de um georradar, foi possível descobrir uma aldeia primitiva escondida sob as muralhas do castelo de Sines, como avança a agência LUSA.

ÉVORA: AERONÁUTICA JÁ LEVA CERCA DE 200 MILHÕES DE INVESTIMENTO

Carlos Pinto de Sá declarou hoje que o Cluster Aeronáutico em Évora já tem cerca de 200 milhões de euros de investimento e possibilita a criação de cerca de 1000 postos de trabalho.

À margem do "Évora Aero Tech Day's" uma conferência que decorre hoje no Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo, o presidente da autarquia referiu  que para além da Embraer, com quase cem milhões de euros de investimento, são mais seis as empresas que se estão a instalar no Parque Aeronáutico e que representam cerca de 170 milhões de euros de investimento.

UNIVERSIDADE DE ÉVORA DESCOBRE CORES ORIGINAIS DO MOSTEIRO DA BATALHA

Cinco séculos de vida foram mais que suficientes para desbotar e fazer desaparecer as cores originais da Capela do Fundador do Mosteiro da Batalha, panteão de D. João I, D. Filipa de Lencastre e da Ínclita Geração. A exuberância da cor foi-se perdendo com os estragos das Invasões Francesas, o fim das Ordens Religiosas que preservavam os espaços e os restauros do século passado que foram despindo a Batalha de cor.

55 ANOS DA R4 CELEBRADOS EM ARRAIOLOS

Edifício da União de Freguesias de S. Pedro e Sabugueiro (10 de Setembro, 15:00) – dava-se início ao “VI Encontro Renault 4 por Terras de Arraiolos - 55.º Aniversário da R4”, mais uma etapa dos “Eat-inerários Slow” pelo Alentejo (parceria com o Slow Food Alentejo), com a recepção oficial dos convivas a cargo do poder local – Câmara Municipal de Arraiolos e União de Freguesias de S. Pedro e Sabugueiro –, do poeta local Amadeu Galvão e do Núcleo Alentejo do 4.Clube.Portugal, e que contou com a presença da Tuna Académica de Farmácia da Universidade de Lisboa (TAFUL).

ÉVORA: MORA INAUGURA MUSEU INTERACTIVO DO MEGALITISMO

Hoje é um dia importante para o megalistismo no país. É inaugurado com mais de 100 peças, algumas com mais de 6500 anos, o Museu Interactivo do Megalitismo em Mora (Évora), após um investimento de 2,5 milhões de euros, comparticipados em 85% por fundos comunitários.

TURISMO CIENTÍFICO NO ALQUEVA COM AUMENTO DA PROCURA

Desde 2008 que o Dark Sky® promove o turismo científico em Alqueva e atrai cada vez mais visitantes à região, não só para observar o céu, mas também para outras actividades noturnas como passeios a cavalo, passeios pedestres pelas oliveiras milenares, provas cegas de vinho, corridas, canoagem, orientação, observação de aves e da vida selvagem, yoga, fotografia, entre outras.

PONTE DE SOR COM CURSO DE PRODUÇÃO AERONÁUTICA

Ponte de Sor arranca este ano com um novo curso técnico superior profissional em Produção Aeronáutica, que é promovido pelo Instituto Politécnico de Setúbal e que procura responder às novas prioridades e procura do Alentejo.

O curso está direccionado para o ensino prático, com forte componente tecnológica, procurando formar profissionais especializados e altamente qualificados, para acrescentar talento e valor à indústria aeronáutica, um setor em amplo crescimento no país e com forte expressão no tecido empresarial regional.

ÉVORA DEBATE OPORTUNIDADES DA INDÚSTRIA AERONÁUTICA

Trata-se das Jornadas do Évora Aero Tech Day's, decorrem a 23 de setembro no Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo(PCTA), em Évora e são organizadas pela Universidade de Évora e pelo PCTA.

O tema destas jornadas são os "Materiais Compósitos na Indústria Aeronáutica" e envolvem especialistas nacionais e estrangeiros que irão discutir as oportunidades criadas com a indústria aeronáutica, as parcerias ibéricas, tecnologias, soluções técnicas mas sobretudo o futuro do cluster aeronáutico no Alentejo.

REDE METEOROLÓGICA ALENTEJANA DISTINGUIDA COM "OURO"

Seis das sete estações da Rede MeteoAlentejo foram distinguidas com o título de "Estações Estrela de Ouro" pelo Weather Underground, a entidade pioneira que criou o primeiro serviço de meteorologia na internet em 1993.

ALENTEJO VAI PRODUZIR ÓPIO EM LOCAL SECRETO

A Barragem do Alqueva abriu novas oportunidades à agricultura portuguesa e trouxe também a possibilidade de novas culturas. A produção de ópio é uma delas.

Em 2013 foi atribuída à farmaceutica escocesa Macfarlan Smith Ltd.  a primeira licença de exploração de ópio em Portugal e a segunda, dada em 2015, foi para a australiana TPI. O que têm em comum estas duas empresas para além do ópio? Estão instaladas no Alentejo.

Páginas