Está aqui

Tecnologia

SINES NAVEGA POR NOVOS MARES

O Sines Tecnopolo, BIC Alentejo, organiza o “Por Novos Mares – Jornadas da Economia do Mar”, um evento terá várias vertentes, entre os dias 8 e 10 de julho, com destaque para uma conferência, uma Feira do Mar e um concurso de embarcações sustentáveis: o Aporvela Project Race.

O ALENTEJANO QUE VAI MUDAR O MUNDO EMPRESARIAL

Alentejano, natural de Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, Ricardo Pateiro Marcão pretende revolucionar as organizações através de um modelo onde é possível uma melhor rentabilização, aumentando a motivação das pessoas, baseado na atribuição de incentivos aos melhores colaboradores, consoante os seus objetivos previamente definidos. O investigador confessa que o vinho de Reguengos de Monsaraz é uma ótima forma de vender o Alentejo aos estrangeiros. Com um percurso promissor, dividido entre a Gestão e a Tecnologia, a área empresarial e a investigação, admitiu ainda ao Tribuna Alentejo que as suas origens fizeram “com que me habituasse a ser uma pessoa mais dinâmica”.

BEJA DE OLHOS POSTOS NO ESPAÇO

É este o desafio que investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço lançam este fim de semana.

Com o objetivo de levar o Universo a locais com menos acesso à divulgação de ciência, oito investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço vão estar em Beja - no Pax Julia – Teatro Municipal, às 21:30h - e falar sobre a sua investigação.

Nesta digressão “Ignite Astro” serão dados a conhecer os temas da investigação que se faz neste instituto.

VIANA DO ALENTEJO INOVA NO APOIO À POPULAÇÃO

O Município de Viana do Alentejo (Évora) criou uma aplicação móvel (APP) de modo a aproximar os munícipes de uma gestão mais participativa e dar uma melhor resposta na resolução dos problemas que os afetam, além de melhorar a informação também para os turistas.

Esta nova ferramenta vai permitir publicar informações, publicar notícias, eventos e informação turística e os munícipes e visitantes vão poder fazer sugestões, reclamações e usufruir de alguns serviços como aceder a leituras da água através do simples preenchimento dos campos de morada e número fiscal.

PONTE DE SOR VAI TER CAMPUS AERONÁUTICO

Será inaugurado no próximo dia 4 de junho, no Aeródromo Municipal de Ponte de Sor (Portalegre), o Campus Aeronáutico de Ponte de Sor.

A realização deste projeto – um investimento de cerca de 4,5 milhões de euros – esteve apontada para 2014, no entanto, foram precisos mais dois anos para reunir todas as condições e financiamentos necessários.

COMO A CISCO VAI TRANSFORMAR O ALENTEJO

A Cisco, uma gigante tecnológica norte-americana com representações em quase todo o mundo, está a ajudar 14 municípios do Alentejo a tornarem-se numa região S+CC, uma Comunidade Inteligente Conectada.

O projecto que está a desenvolver para a Agência para o Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC) inclui a ligação em rede de 14 parques empresariais e 200 edifícios públicos, tudo para ligar PME's a serviços digitais e inovar.

PARCERIA AICEP E UNIVERSIDADE DE ÉVORA

A aicep Global Parques e a Universidade de Évora realizaram um protocolo de cooperação que procura criar ações de colaboração e intercâmbios entre ambas.

ALENTEJO MAIS INTELIGENTE

Um projeto desenvolvido pela Cisco, em parceria com a Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), envolvendo 14 municípios do Alentejo Central, vai tornar o Alentejo mais inteligente e “conectar” as suas comunidades.

CABO DIGITAL VAI ATRAVESSAR ATLÂNTICO E LIGAR BRASIL A SINES

O eurodeputado alentejano Carlos Zorrinho (coordenador do Grupo SD para a América Latina e vice-presidente da delegação UE/Brasil) defende que este é um momento de oportunidades únicas para a Europa com a revolução tecnológica que se está a operar com a nova geração de redes de comunicação (5G) e com a redução das barreiras da distância física entre o continente sul-americano e a europa.

CORTICEIRA AMORIM ACABA COM O SABOR DA ROLHA NO VINHO

Com um investimento de 10 milhões de euros, a Corticeira Amorim desenvolveu uma tecnologia que, em 20 segundos, deteta a presença de um composto químico associado a desvios sensoriais nos vinhos, TCA. Segundo a empresa, a NDTech é uma tecnologia que possibilita uma revolução em termos de controlo de qualidade, introduzindo, pela primeira vez, uma triagem individual nas linhas de produção das rolhas de cortiça.

Páginas