Está aqui

Teatro

Alcácer transforma lendas locais em teatro imersivo de horror

Alcácer do Sal tem lendas espantosas, grande parte delas desconhecidas do público, como "A luz da Caniceira", a "Moura Encantada" ou as "Bruxas de Salema". Todas elas vão sofrer uma abordagem inovadora de teatro imersivo, que as transforma em experiências sensoriais e que vão estar acessíveis ao grande público entre 21 e 23 de junho, no "Horror Fest", promovido pela Apocalypse – Associação de Teatro e Musicais (fundadora da Companhia de Teatro de Alcácer), com o apoio da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

Évora recebe os dias mágicos do Festival Internacional de Artes Performativas

Na sua sexta edição, o festival Lá Fora traz a Évora um conjunto de propostas onde música, performance e animação se cruzam com os espaços emblemáticos da Fundação Eugénio de Almeida e da cidade de Évora. Um ponto de encontro já regular entre arte e os diversos públicos que percorrem e vivem a cidade. Quatro dias de intensa programação que convidam a circular, partilhar e participar, entre 13 e 16 de junho.

Alter do Chão com dois meses de festa

A partir de hoje, em Alter do Chão, vão existir atividades e festa até finais de junho. É a segunda edição do Alter Culturfest, um evento exclusivamente dedicado à cultura e que, este ano, se focará no Teatro.

A direccção artistica do Programa do Festival é da atriz Maria João Luís, ela que também responsável pela companhia Teatro da Terra, sediada em Ponte de Sôr.

Todos os espetáculos decorrerão aos fins de semana em vários espaços como o Castelo , Casa da Álamo e Igreja do Convento de Santo António.

Há um campeonato de improvisação em Odemira e começa hoje

Diz-se que o português é tão bom a improvisar como a atuar. A pensar nisso, acrescentando-lhe um carater competitivo, o que torna o conjunto ainda mais interessante, o Grupo de Teatro Comunidade Pés Descalços/3 em Pipa resolveu criar os Campeonatos de Improvisação, que decorrem entre hoje, 24 de maio e o dia 31, em Odemira.

A alentejana Eunice Munõz foi internada de urgência mas diz estar bem

A atriz alentejana Eunice Munõz levantou-se da cadeira do Auditório Municipal Beatriz Costa, em Mafra, para agradecer os aplausos do público e caiu, tendo sido transportada de urgência para o Hospital de Cascais. "Para o trambolhão que foi, correu bem", disse a atriz, de noventa anos à VIP, após ter sofrido uma queda aparatosa.
 

Seis países e 12 dias de festa no Festival Internacional de Marionetas em Montemor

Uma mulher perfeita, sete pecados mortais, gigantes, uma mão esquerda curiosa, objetos que ganham vida, um crime peculiar, a menina do regador e ao fundo… o som de um rádio a tocar! Tudo isto e muito mais para ver no 12º Encontro Internacional de Marionetas de Montemor-o-Novo que conta este ano com a participação de companhias de seis países e que decorre entre 22 de maio e 2 de junho,

O festival é repleto de teatro, música, filmes, workshops e conversas sempre em torno das marionetas e conta com companhias de Portugal, Espanha, França, Alemanha, Holanda e Polónia.

Mértola é única e, por estes dias, orgulhosamente islâmica

Mértola volta a vestir-se da cor, sons, cheiros e sabores que povoavam há séculos o seu quotidiano amuralhado. A magia da 10ª edição do Festival Islâmico regressa às ruas do Centro Histórico entre 16 a 19 de maio, onde a herança islâmica da Vila-Museu mistura-se com mercadores e artesãos vindos da bacia do Mediterrâneo, numa celebração cultural única.

Há um festival internacional no Alto Alentejo onde só atuam mulheres

São mais de 60 e chegam de vários pontos do mundo a Portalegre para participarem na 3.ª edição do Bolina, o festival internacional de Palhaças. Leu bem, só atuam mulheres, e vão estar até dia 11 de maio a participar no Bolina, que se reparte por Portalegre, Castelo de Vide e Ponte de Sor, no Alto Alentejo.
 

Margarida, a professora imprevisível, autoritária, sádica e maternal, dá aulas em Santiago do Cacém

A professora Dona Margarida vai dar a sua primeira aula a uma turma do quarto ano, que são os próprios espetadores. A Dona Margarida é imprevisível, autoritária, sádica e maternal, ela dá uma verdadeira anti-aula, demonstrando que, “às crianças”, só resta obedecer, serem inexpressivas, impotentes e não terem nada a dizer. Dona Margarida retrata os regimes totalitários que se multiplicam neste século XXI.

Maria João Luís é a nova directora-artística do festival cultural de Alter do Chão

O Alter Culturfest, o festival cultural de Alter do Chão, que decorre este ano em maio e junho, acaba de nomear a atriz Maria João Luís com nova directora-artística. O festival, "que promove a música e a cultura de várias gerações e civilizações", e que começa a colocar Alter do Chão no mapa dos eventos culturais nacionais, 

Páginas