Está aqui

Teatro

ÉVORA: FESTIVAL INÉDITO QUER ENTRAR-LHE EM CASA

O Festival CONDOMÍNIO, já com seis edições em Lisboa, arrisca agora a sua primeira edição em Évora. A 16 e a 17 de Abril a cidade envolve-se num conceito cultural novo e que acontece em sua casa. Surpreendido?

QUEBRA-NOZES ENCHE ARENA D'ÉVORA

É a estreia absoluta na Arena de Évora de uma companhia de Bailado como a prestigiada e mundialmente conhecida RUSSIAN CLASSICAL BALLET, que traz hoje a cena o mágico Quebra-Nozes.

O espetáculo é para maiores de 6, começa às 21.30 de dia e, ao que apurámos, já não é possível comprar bilhetes.

PONTE DE SOR ESTREIA UM CONTO DE NATAL DE DICKENS

A peça de Charles Dickens, encenada por Maria João Luís e Ricardo Neves-Neves, entra em cena entre dia 10 e 20 de dezembro no Teatro Cinema de Ponte de Sor.

Com um elenco de 60 atores, a peça escrita em 1843 contará com José Peixoto na direção musical e com a participação do Coral Polifónico de Ponte de Sor. Adaptada por Ricardo Neves-Neves, a peça conta ainda com o Grupo de Teatro do Centro de Artes de Ponte de Sor, Grupo de Teatro “A Mensagem” e de alunos do 9º ano da escola secundária local.

ÉVORA E PORTALEGRE NAS FINAIS INATEL

Évora e Portalegre irão competir na final do "Festival INATEL da Canção". A iniciativa decorre a partir de amanhã no Teatro Armando Cortez em Lisboa e integra um conjunto alargado de competições do INATEL.

Em competição estão os distritos/regiões de Aveiro, Coimbra, Évora, Leiria, Viana do Castelo, Viseu, Guarda, Porto, Santarém, Vila Real, Lisboa, Portalegre, Bragança e ainda São Miguel (Açores).

Os espetáculos, de carácter amador, incluem-se em uma das seguintes áreas temáticas: Etnografia, Música/Canto; Teatro; Dança e Variedades.

CENTENÁRIO DA REVISTA ORPHEU HOMENAGEADO EM BEJA

O centenário da revista portuguesa Orpheu será homenageado pela Companhia de Teatro de Beja, Lendias d'Encantar.

Assim, na edição 2015 do ciclo "Um Ator Um Músico" – começa dia 24 de setembro e decorrerá até 10 de outubro – promovida pela companhia alentejana, a centenária revista de portuguesa de literatura “Orpheu” será homenageada com duas performances.

ALMODÔVAR E OURIQUE COM ARTES PERFORMATIVAS

O Festival Artes Performativas, que vai na segunda edição, envolve projectos de dança, teatro, música, artes plásticas e multimédia, e decorre até Outubro, em Almodôvar e Ourique.

A iniciativa conta com 8 projectos distintos e um total de 15 criadores. Workshops, encontros, conversas e eventos diversos fazem parte do programa.

O Atalaia - Artes Performativas 2015, é uma iniciativa da associação Atalaia e dos Municípios de Almodovar e Ourique, em parceria com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

A POSSÍVEL HISTÓRIA DAS MARIONETAS

A Possível História das Marionetas é o nome dado à exposição de inúmeras peças da coleção do marionetista Manuel Dias (TRULÉ), peças que foi adquirindo ao longo do seu percurso e viagens profissionais pelos mais importantes festivais e espectáculos de marionetas, um pouco por todo o mundo.

SEM DINHEIRO

A Bienal Internacional de Marionetas de Évora (BIME), com realização prevista para Junho de 2015, foi adiada para 2016, devido à falta de financiamento de fundos comunitários, segundo anunciou a própria organização.

Com periodicidade bienal, o evento, que este ano ia para a sua 13.ª edição, é promovido, desde 1987, pelo Centro Dramático de Évora (Cendrev), proprietário dos Bonecos de Santo Aleixo e com sede no centenário Teatro Garcia de Resende, no centro histórico da cidade alentejana.

XII ENCONTRO DE CULTURAS

A Cultura é feita de diálogos, transmissões e partilhas. Uma ótima oportunidade de comprovar isso é a 12ª Edição do festival “Encontro de Culturas”, em Serpa no distrito de Beja. Uma festa a decorrer de 05 a 10 de junho, onde, “os principais espetáculos terão uma ligação direta ao cante alentejano, aos cantadores e ao Alentejo”, segundo o Presidente da Câmara de Serpa, Tomé Pires, em declarações à Lusa.

AVIS RECUA À ÉPOCA MEDIEVAL, EM RECRIAÇÃO

Falar de Avis é falar da Ordem de Avis, logo esta localidade alentejana assume uma espécie de medievalidade constante. Para o provar está nova feira medieval que está a fazer Avis recuar até aos séculos XIII e XIV e que decorre até domingo, 10 de Maio.

O cenário para toda esta encenação é o centro histórico da Vila e o evento decorrerá sob o mote: Da Ordem de Calatrava à Ordem de Avis.

Páginas