Está aqui

Sociedade

Em Ourique, há 881 anos, Afonso Henriques fez-se “rei dos portugueses”

A 25 de julho de 1139, há 881 anos, após a batalha de Ourique, D. Afonso Henriques assumiu o título de “rei dos portugueses”.

Reza a história que seria também este o provável dia de aniversário de D. Afonso Henriques, sendo também dia de S. Tiago, patrono da luta contra os mouros.

Nesta batalha, que terá decorrido nos campos alentejanos perto de Ourique, enfrentaram-se os exércitos de Afonso Henriques e, em número superior, o exército muçulmano composto de homens dos reinos Mouros de Sevilha, Badajoz, Elvas, Évora e Beja.

Ex-internacional brasileiro Aloísio vai treinar uma equipa alentejana

Foi internacional pelo Brasil por 6 ocasiões e foi campeão mundial e sul-americano no escalão sub-20, em 1983, e medalha de prata nos Jogos Olímpicos, em 1988; destacou-se ao serviço do todo poderoso Barcelona e do FC Porto e vai ser treinador de uma de futebol alentejana, como avançou a edição de sexta do jornal Record.

Falamos de Aloísio, defesa central agora com 56 anos, e que será o treinador do União Serpense, equipa do Campeonato Distrital de Futebol de Beja.

Abre hoje, em Estremoz, o Museu Berardo dedicado ao azulejo

O Museu Berardo Estremoz vai abrir este sábado com a exposição inaugural “800 Anos de História do Azulejo”, que pode ser visitada com entrada gratuita a partir de domingo até ao final de agosto, avança a agência Lusa.

De acordo com os promotores, a coleção do museu é composta por conjuntos azulejares ´in situ´, património integrado na Quinta e Palácio da Bacalhôa (Azeitão) e no Palácio Tocha (Estremoz), e por mais de 4.500 exemplares móveis datados do século XIII ao século XXI, que permite “percorrer a secular história do azulejo”.

Alpiarça candidata-se a investimentos de mais de 4 milhões

A Câmara Municipal de Alpiarça apresentou candidaturas a fundos comunitários num valor de cerca de quatro milhões de euros em obras. De acordo com a autarquia, estas candidaturas são feitas para aproveitar o dinheiro que ainda há no quadro comunitário.

Empresa Medway inaugura plataforma logística em Sines

A Medway vai inaugurar, este mês, o seu Medway Terminal Sines na ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines, num investimento global de um milhão de euros.

Sagres vai ser produzida com cevada do Alentejo

A Central de Cervejas, dona da Sagres, vai criar uma fileira de produção de cevada dística no concelho de Alcácer do Sal com a implantação de uma área total de 100 hectares de produção de cevada, distribuídos por três produtores agrícolas e com uma estimativa de produção anual total de 300 toneladas de cevada dística. O projeto começou a ser desenhado em 2019 em conjunto com a empresa Agri Marketplace e vai ser implementado pelos produtores de arroz da região do Vale do Sado com garantia de aquisição dessa produção pela Central de Cervejas. 

Portalegre em risco máximo de incêndio e Alentejo sob aviso amarelo

O distrito de Portalegre encontra-se em risco máximo de incêndio, enquanto a restante região do Alentejo apresenta risco muito elevado a elevado de incêndio. Já o aviso amarelo devido à persistência do calor mantém-se durante o dia de hoje nos distritos de Portalegre, Évora, Beja.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), este aviso irá vigorar até às 21h de domingo, dia 26 de julho. As temperaturas máximas vão chegar aos 38 graus em Évora, 37 graus em Beja e 35 em Portalegre.

O Destino das Estrelas

Por Ricardo Jorge Claudino

 

De noite,
pelas aldeias e pelos campos,
apagam-se as luzes
que dantes não existiam.

.
Daqui,
graças ao real escuro da noite,
há um reencontro
entre a minha pele
e a luz esbatida das estrelas
— que me falaram há milhṍes de anos-luz atrás.

Minas alentejanas ajudam a desenvolver produtos ecológicos

O projeto MINECO – New Eco-innovative Materials for Mining Infra, criado na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), visa desenvolver produtos eco-inovadores com origem em resíduos de minas portuguesas situadas no Alentejo.

Governo vai investir 360 milhões para criar emprego altamente qualificado no interior

Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial, afirmou que o lançamento de linhas de apoio financiadas com fundos europeus, no âmbito do Programa de Estabilização Económica e Social (PEES), vai permitir a criação de espaços de trabalho e coworking no interior, assim como o programa Trabalhar no Interior, com lançamento previsto para agosto.

Páginas