Política Nacional

NÓS E OS OUTROS: A CULTURA NA CRISE DOS REFUGIADOS

A crise dos refugiados levanta problemas ao mundo e particularmente à União Europeia, que está com dificuldades em encontrar o consenso necessário entre Estados Membro para que possa dar uma resposta eficaz às circunstâncias. Depois algumas das medidas tomadas por alguns dos Estados Membro sugerem um endurecimento das posições, que indicam preconceito e apresentam o "outro" como uma ameaça à sociedade e à cultura europeia.
 

39,9 MILHÕES DIREITINHOS AO ALENTEJO

Já foram lançados pelo Alentejo 2020 dois concursos para implementação dos Pactos para o Desenvolvimento e Coesão Territorial contratados com as cinco Comunidades Intermunicipais da região.

No total são 39,9 milhões de euros que se direcionam para Infraestruturas Educativas para o Ensino Escolar e para a Conservação, Proteção, Promoção e Desenvolvimento do Património Natural e Cultural.

ALENTEJO FECHOU O CICLO DE REUNIÕES NA EDUCAÇÃO

Na passada sexta feira, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, fechou em Évora um ciclo de reuniões com os diretores das escolas e onde tem apresentado o modelo integrado de avaliação externa das aprendizagens no Ensino Básico.

No final desta sétima e última apresentação, aos diretores das escolas alentejanas, o ministro fez um balanço “altamente positivo”, revelando que estes encontros acabaram por ser muito importantes porque “levamos dúvidas, mas, acima de tudo, soluções para muitas das questões que fazem parte do quotidiano das escolas”, afirmou.

ALENTEJO PERDE 8 PESSOAS POR DIA

As contas são da Associação Alentejo de Excelência, que promove uma conferência sobre Despovoamento no Interior para discutir essa inexorável perda de gente e que está a sangrar a região desde 1950. 

UNIVERSIDADE DE ÉVORA: PORQUE DESISTEM OS ALUNOS?

20% dos alunos inscritos na Universidade desiste do curso no qual se inscreveu e mais de metade destes admite que a desistência está ligada a motivos económicos e profissionais.
A conclusão é do estudo do Grupo de Trabalho para a Identificação do Abandono Escolar na Universidade de Évora, agora apresentado publicamente.
 

TAMBÉM TEMOS CONSELHOS: QUER POUPAR? ABASTEÇA EM ESPANHA

Se não tiver que percorrer mais que 30 km até Espanha, então ainda compensa ir lá abastecer. Para ser mais preciso é vantajoso ir a Espanha abastecer se a ida e a volta não levar mais que 62 km num carro a gasolina e 74 km num carro a gasóleo. Uma maravilha para o Alentejo.

NAMORO EM FAMÍLIA!

Reza a lenda que Valentim era um bispo que lutou contra as ordens de um imperador: Cláudio II. Este imperador havia proibido os casamentos por pensar que era mais fácil criar um exército com homens solteiros, pois estes não teriam família e mais facilmente se alistariam. Mas Valentim continuou a casar alguns jovens casais em segredo até ser descoberto pelo imperador que o mandou prender e condenou à morte.

FERREIRA PATRÍCIO HOMENAGEADO EM SIMPÓSIO

A Universidade de Évora, o Instituto de Filosofia Luso-Brasileira e o Instituto de Filosofia da Universidade do Porto estão a organizar um Simpósio destinado a homenagear Manuel Ferreira Patrício, Professor Catedrático e antigo Reitor da Universidade de Évora.

ASSUNÇÃO CRISTAS EM ÉVORA

A ex-Ministra da Agricultura do Governo de Passos Coelho e candidata à liderança do CDS Assunção Cristas vai estar hoje em Évora num encontro com militantes, a preparar a moção que levará ao Congresso do partido e que deverá acontecer a 12 e 13 de Março. O encontro acontece às 17h no Évora Hotel.

 

 

ALENTEJO IMPULSIONA PRODUÇÃO NACIONAL DE AZEITONA

A produção de azeitona para azeite cresceu 20% quando comparada com 2014, num total de 526 mil toneladas. A nota é dada pelo Boletim Mensal de Agricultura e Pescas do INE de janeiro de 2016, que refere que estes resultados se devem sobretudo pela produção no Alentejo.

Segundo o INE, o aumento na produção de azeitona não é uniforme e o verifica-se que é o Alentejo (maior região produtora, com grandes áreas de olivais regados) o principal responsável pela recuperação da produção para quantitativos acima das 500 mil toneladas de azeitona para azeite.

Páginas