Política Nacional

IPDJ do Alentejo reabre portas a 1 de junho

A Direção Regional do Alentejo do IPDJ vai retomar no dia 1 de junho o atendimento presencial nos serviços desconcentrados de Portalegre, Évora e Beja, respeitando todas as indicações das autoridades, assim como a manutenção do Plano de Contingência do IPDJ.

Ainda assim sugere às instituições e utilizadores a manutenção do uso dos canais digitais e telefónicos e que sejam agendadas previamente as reuniões presenciais.

Governo admite abrir fronteira em Barrancos… durante “algumas horas”

O Governo, através do ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita, admitiu esta semana reabrir a fronteira com Espanha, em Barrancos, durante algumas horas.

A par da fronteira em Barrancos está a fronteira em Montalegre, distrito de Vila Real.

Esta abertura está prevista para antes de 15 de junho, mas somente durante algumas horas, de modo a permitir a passagem de trabalhadores entre Portugal e Espanha.

Esta reabertura está a ser discutida com as autoridades espanholas.

O desconfinamento chegou à política

O termo “desconfinamento”  entrou no léxico dos Portugueses, em maior força que o próprio “Covid19”. Enquanto a sociedade civil vai recebendo em tranches, qual resgate financeiro ao Novo Banco, o que reabre e como reabre, no olímpo Português, a Assembleia da República, o desconfinamento da atividade política teve um ritmo bastante mais acelerado.

Tudo começou no 1ºo de Maio, e continuou com as costas voltadas entre António Costa e o ex Ronaldo das finanças, Mário Centeno.

O Alentejo pós-pandemia discutido por políticos, académicos e empresários

O Departamento de Economia da Universidade de Évora organiza amanhã, por videoconferência, um debate acerca do Alentejo e os desafios da atual crise gerada pela pandemia do Covid-19.

90% das empresas nacionais já estão a funcionar

A proporção de empresas em funcionamento na primeira quinzena de maio aumentou para 90%, face a 84% na quinzena anterior, segundo dados esta terça-feira divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e Banco de Portugal (BdP), que o Observador está a avançar.

Face à situação que seria expectável sem pandemia, 77% das empresas continuaram a reportar um impacto negativo no volume de negócios.

O confinamento tem influência na Democracia?

O confinamento tem influência na Democracia? Foi a base de nova conferência/debate.

Promovido pela ASMAV, no passado dia 14, decorreu o debate online sobre os efeitos do confinamento no apego à democracia e à liberdade.

Profissionais das artes em vigília pela Cultura, em Évora

Um grupo informal de profissionais da cultura e das artes em Évora vai promover uma vigília pela Cultura e Artes na próxima quinta-feira, dia 21 de maio, juntando-se assim a mais 11 cidades do país com iniciativas similares. A vigília vai acontecer em Lisboa, na Madeira (Funchal), em Faro, nas Caldas da Rainha, em Setúbal, no Porto, em Aveiro, em Vila do Conde, em Santa Maria da Feira, em Almada, em Coimbra e em Évora.

Portugueses já estão adaptados à vida em quarentena

Os portugueses já estão adaptados à vida em quarentena, revela o Barómetro Nielsen Covid-19.

Os dados que sustentam esta afirmação são o crescimento de 8% nos Bens de Grande Consumo, as tendências de crescimento também nos países mais próximos, o dinamismo acima da média em Alimentação, o crescimento em Bebidas (impulsionado por Cervejas, Sidras, Panachés e Bebidas Alcoólicas) e os decréscimos em Higiene Pessoal e do Lar e Frescos.

Creches e Jardins de Infância de Vendas Novas vão abrir "em máxima segurança"

As funcionárias das creches e jardins-de-infância de Vendas Novas receberam ontem Equipamentos de Proteção Individual e formação sobre Covid-19, para prepararem a reabertura dos espaços às criança.

Autoritarismo bom

Vivemos tempos bizarros, e infelizmente temo-los aceite com estranha e preocupante indiferença. Não sei se os costumes são brandos, se o povo é sereno, ou se somos todos uma cambada de carneiros. Tenho dúvidas.

Páginas