Política Nacional

BEJA VAI TER NOVO PALÁCIO DA JUSTIÇA

No próximo dia 1 junho, a Câmara Municipal de Beja e o Ministério da Justiça vão assinar o protocolo sobre a construção do futuro Palácio da Justiça desta cidade. Numa cerimónia que contará com a presença da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, no Salão Nobre da Câmara de Beja, às 11h30.

Este ato serve assim para formalizar o protocolo que foi aprovado na última sessão da Assembleia Municipal, a 28 de Abril.

Imagem © José Sena Gulão | Lusa.

ESTADO LEILOA PALACETE EM ÉVORA

O Estado, através da IP - Infraestruturas de Portugal,  coloca a leilão hoje o Palacete Cicioso, em Évora, por um valor de base de 581 mil euros.

VÊM AÍ MÉDICOS PARA O LITORAL ALENTEJANO

Sendo conhecida a falta de médicos no litoral alentejano – cerca de 30% da população não tem médico de família - esta carência foi referida pelo secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, que assegurou que resolverá a situação e reforçará o contingente de médicos nesta área do Alentejo com cerca de 12 novos médicos, já a partir de junho.

ALENTEJO MAIS INTELIGENTE

Um projeto desenvolvido pela Cisco, em parceria com a Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), envolvendo 14 municípios do Alentejo Central, vai tornar o Alentejo mais inteligente e “conectar” as suas comunidades.

3 ALENTEJANOS NA LISTA PARA MUNICÍPIO DO ANO 2016

A edição 2016 dos Prémios Município do Ano tiveram um recorde de candidaturas, 93, sendo que 12 delas pertenciam a municípios alentejanos. Dessas 12 candidaturas alentejanas, 3 são finalistas: Avis, Elvas e Ponte de Sôr - os três do distrito de Portalegre - num total de 36 finalistas nomeados para o Prémio.

Os Prémios “Município do Ano” são uma iniciativa da Universidade do Minho que criou a plataforma UM-Cidades que institui os prémios que “visam reconhecer as boas práticas dos municípios portugueses”.

UM ALENTEJANO VAI MANDAR NAS CONTAS DO PAÍS

A partir do próximo dia 1 de outubro, haverá um alentejano que vai mandar nas contas do país. Vítor Caldeira, natural de Campo Maior, foi nomeado Presidente do Tribunal de Contas, esta semana, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, após o seu nome ter sido proposto pelo Governo.

Aquele que é, desde 2008, presidente do Tribunal de Contas Europeu e substituirá assim Guilherme d’Oliveira Martins na presidência do Tribunal de Contas.

ESTREMADURA QUER LIGAÇÃO DIRETA A LISBOA

O presidente do Governo Regional da Estremadura (Espanha), Guillermo Fernández Vara, que faz fronteira com o Alentejo, defendeu a necessidade de uma ligação ferroviária direta entre a região espanhola e Lisboa para mercadorias e passageiros, considerando ser "um negócio rentável". Sobretudo, devido à intensidade das relações transfronteiriças entre a Estremadura e Portugal, nomeadamente o Alentejo.

CABO DIGITAL VAI ATRAVESSAR ATLÂNTICO E LIGAR BRASIL A SINES

O eurodeputado alentejano Carlos Zorrinho (coordenador do Grupo SD para a América Latina e vice-presidente da delegação UE/Brasil) defende que este é um momento de oportunidades únicas para a Europa com a revolução tecnológica que se está a operar com a nova geração de redes de comunicação (5G) e com a redução das barreiras da distância física entre o continente sul-americano e a europa.

POLITÉCNICO DE BEJA DISTINGUIDO PELA COMISSÃO EUROPEIA

O Instituto Politécnico de Beja acabou de ser distinguido pela Comissão Europeia pela qualidade das suas actividades de cooperação internacional, cujos princípios estão consagrados na Carta Erasmus + para o Ensino Superior.

GOVERNO PROMETE 1,5 MILHÕES PARA HOSPITAL DE BEJA

O compromisso foi assumido pelo Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, numa visita ao Serviço de Imagiologia do Hospital José Joaquim Fernandes de Beja, num plano de investimento de 1,5 milhões de euros para reequipamento da unidade.

Este investimento, segundo o governante, estará dependente de uma candidatura a fundos comunitários do Portugal 2020, que financia em 85% e as verbas próprias da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo. Para Manuel Delgado, o reequipamento tem condições de ser feito num espaço de um ano e meio.

Páginas