Política Nacional

ELVAS

Elvas recebe, no próximo sábado, dia 16, o Assembleia Geral da Associação Nacional de Autarcas Socialistas, que concentra autarcas de todo o País. 

Antes do encontro, o Presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, o Presidente da Câmara Municipal de Baião e da Associação Nacional de Autarcas Socialistas, José Luís Carneiro, e a Secretária Nacional do Partido Socialista para as Autarquias, Maria da Luz Rosinha, vão visitar o Forte da Graça e assistir à intervenção de que este está a ser alvo.

UNIVERSIDADE DE ÉVORA

Está interessada em debater as políticas públicas a implementar particularmente no Alentejo, no âmbito do próximo quadro comunitário de apoio e tem, como não podia deixar de ser, o horizonte temporal de 2020, coincidente com o programa operacional Alentejo 2020.

HOSPITAL E VIAS DE COMUNICAÇÃO PREOCUPAM POLÍTICOS

No próximo domingo, dia 10 de Maio, está marcada uma reunião conjunta no auditório Municipal Cine Granadeiro, em Grândola, que envolve os Presidentes das Assembleias Municipais de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines para alertar a opinião pública e o poder central para o estado do serviço prestado no C (HLA) e para a situação das vias de comunicação.

GANHAMOS APENAS 79% DA MÉDIA EUROPEIA

Porque SÁBADO é Dia da Europa

Os portugueses ganham apenas 79% da média da União Europeia, situação que se manterá pelo menos até 2016. Quanto à economia, esta cresce 1,6% e o desemprego ficará na casa dos 13%. Quanto ao défice, Bruxelas prevê 3,1% e teme que as despesas do estado aumentem porque estamos em ano de eleições. Antecipa-se também que a retoma, que é real, pouco se irá sentir no poder de compra das famílias.

DESPOVOAMENTO

O futuro do Alentejo está em risco e tudo isto se deve a uma grande hemorragia migratória que tem desertificado a região.

O fenómeno não é novo e dura desde de 1950.

Os anos de desenvolvimento europeu foram traumatizantes para as regiões europeias do Sul, como o Alentejo (distritos de Portalegre, Évora e Beja) e a Extremadura espanhola.

As boas perspetivas económico-laborais vindas do Centro da Europa e das zonas mais industrializadas e desenvolvidas de Portugal e Espanha têm sido o alvo preferencial da emigração destas zonas do interior.

41 ANOS DEPOIS

A revolução aconteceu 48 anos depois do início da ditadura do Estado Novo, a mais longa da Europa, vigente desde 1933, hoje, 41 anos depois da Revolução de 25 de Abril de 1974, a revolução dos cravos, poucos meses depois da saída da Troika de Portugal, Portugal relembra a revolução de muitas maneiras.

Em 1974, o Movimento das Forças Armadas (MFA), grandemente composto por capitães que tinham tido participação na Guerra Colonial e apoiados por muitos outros soldados milicianos, começaram a planear a revolução uns anos antes.

A primeira reunião de capitães terá sido em África, em Bissau na Guiné, e a segunda no Monte do Sobral, nas Alcáçovas, distrito de Évora, a 9 de novembro de 1973, após se terem encontrado no Templo Romano em Évora. A última e definitiva reunião antes da revolução ocorreu a 24 de março de 1974.

Portugal está a maquilhar os números do desemprego?

Pedro Passos Coelho

Portugal está a maquilhar os números do desemprego? - no original ¿Está maquillando Portugal sus datos de desempleo? - foi o título que o jornal espanhol “El Mundo” deu a um artigo sobre os números do desemprego em Portugal.

Começa por dizer que, no início do mês, e segundo dados do Eurostat, Portugal era o terceiro país onde mais se tinha reduzido o desemprego em janeiro passado: 13,3%. Contudo, avançam os espanhóis, um estudo do Observatório sobre Crises e Alternativas da Universidade de Coimbra, revela que estes números oficiais podem estar muito abaixo dos reais.

Faleceu alentejano Sevinate Pinto

Sevinate Pinto

O alentejano Sevinate Pinto, natural de Ferreira do Alentejo e ex-ministro da agricultura do governo de Durão Barroso, faleceu na madrugada de sábado.

Sevinate Pinto, nasceu a 1 de janeiro de 1946 em Ferreira do Alentejo.

Licenciou-se em Engenharia Agronómica no Instituto Superior de Agronomia (Universidade Técnica de Lisboa).

Tróia recebe congresso da ANMP para “Afirmar Portugal com O Poder Local”

O centro de Conferências de Tróia Design Hotel recebe nos próximos dias 27 e 28 de março o XXII Congresso da ANMP (Associação Nacional de Municípios Portugueses) com o tema “Afirmar Portugal com O Poder Local”.

Política de Solos e Urbanismo discutidos em Odemira

A Biblioteca Municipal de Odemira recebe no próximo dia 24 de março o Seminário Política de Solos, Ordenamento do Território e Urbanismo em Odemira organizado pela CIMAL – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, seminário que contará com a presença do Secretário de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Miguel de Castro.

Páginas