Está aqui

Literatura

O Poder e pobreza no Alentejo dos anos 50 em filme

O poder e a pobreza no Alentejo rural dos anos 50 é o foco do filme "Raiva" de Sérgio Tréfaut, e que estreia este domingo, no encerramento do festival de cinema IndieLisboa.

Depois de ter estado em grande destaque com o filme “Alentejo, Alentejo” - e que foi um grande promotor da campanha do Cante para chegar a Património Imaterial da Humanidade da UNESCO - o realizador luso-brasileiro volta a inspirar-se no Alentejo para nova obra, tendo partido do romance "Seara de vento", do escritor alentejano Manuel da Fonseca.

Mafalda Veiga, Sérgio Godinho e Ricardo Ribeiro em Castro Verde

A quinzena cultural Primavera no Campo Branco, em Castro Verde, conta com as participações de Mafalda Veiga, Sérgio Godinho e Ricardo Ribeiro.

Para além da música a iniciativa conta ainda com um ciclo de cinema português, uma feira de artes, uma feira do livro, teatro e exposições. A quinzena começa na sexta-feira, às 21:30, no Cineteatro Municipal de Castro Verde, com o concerto de Mafalda Veiga.

Crianças em Moura têm 7650 euros para gastar na Feira do Livro

A iniciativa "Padrinhos da Leitura" é tão simples quanto útil. O município, que organiza a Feira do Livro daquela cidade alentejana, tem mobilizado empresas e instituições da região, que se constituem como padrinhos da leitura através de donativos para aquisição de livros naquele certame. Este ano, na sua 38ª edição, a Feira do Livro de Moura tem disponíveis 7 650 euros para permitir que cerca de 1 200 crianças adquiram livros. 

Biografia de António Arnaut apresentada em Portalegre

Foi Portalegre a localidade escolhida para a apresentação – na passada semana - da biografia do homem que é conhecido como o “pai do sistema nacional de Saúde”, António Arnaut.

A apresentação da obra-  da autoria dos jornalistas Luís Godinho e Ana Luísa Delgado - decorreu na sede da Ordem dos Médicos em Portalegre, e relata a vida e obra de António Arnaut e das suas várias facetas como advogado, político e escritor e que esteve, no pós-25 de Abril, na génese do sistema nacional de Saúde.

Biblioteca de Elvas perto dos 12 mil leitores

A Biblioteca Municipal de Elvas conseguiu alcançar 11 844 utilizadores em 2017. Num balanço apresentado pelo município, os números apontam para um crescimento não só de utilizadores como também do número de inscritos, das cedências e do número de leitores ativos.
 

Gastronomia em homenagem a José Régio

"Não sei por onde vou" (...) mas sei que quero ir aqui - dirá o leitor mais conhecedor da obra de Régio e que pode juntar dois prazeres à mesa: literatura e gastronomia.

A Casa Museu José Régio e a Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre aliaram-se para criar a iniciativa “Gostos a Régio”.

Elvas oferece livros às crianças no Dia Internacional do Livro Infantil

No próximo dia 2 de abril, em que se comemora o Dia Internacional do Livro Infantil, o município de Elvas vai oferecer às crianças das turmas do pré-escolar o livro infanto-juvenil “Elvas: a cidade-fortaleza” de Ricardo Henriques.

O livro conta a história de Elvas através de seis episódios distribuídos pelos séculos e retrata a importância desta cidade fronteiriça, que, graças à sua localização geográfica, foi fundamental para a manutenção das fronteiras nacionais durante vários séculos. 

Obra de Luís Ferro revela alguns segredos da Cartuxa

Terá o nome de a “O Eremitério da Cartuxa de Évora. Arquitectura e Vida Monástica” e promete revelar tudo o que ainda não sabe sobre o Mosteiro da Cartuxa de Évora.

De finais do século XVI e casa única, em Portugal, dos monges cartuxos, o também conhecido por Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli, vai ver revelados alguns segredos e especificidades da sua arquitetura.

Évora: a mais antiga Biblioteca Pública do País faz 213 anos

A Biblioteca Pública de Évora comemora no próximo dia 25 de Março 213 anos, o que faz dela a mais antiga biblioteca pública do país. Fundada pelo Arcebispo Frei Manuel do Cenáculo, uma das figuras de maior relevo do Iluminismo Português,  esta biblioteca tem à sua guarda 664 incunábulos e 6.445 livros impressos do século XVI, para além de diversos núcleos de documentos manuscritos, de cartografia, partituras e mais de 20.000 títulos de publicações periódicas.

Alcácer leva livros a Lares e Centros de Dia

A Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal tem estado desde 2016 a implementar um programa pioneiro e que leva livros a Lares de Idosos e Centros de Dia, com o objetivo de "criar uma relação de proximidade entre a Biblioteca e as residências, centros de dia e de convívio do concelho" e que cobre cerca de 4 centenas de utilizadores, onde foram entregues 17 baús de livros e foram feitas 360 leituras de 41 autores para além de recolhas de memórias e objetos de tradição oral.

Páginas