Está aqui

Curiosidades

Alexandra Lencastre é madrinha da Romaria a Cavalo a Viana do Alentejo

A actriz Alexandra Lencastre é a madrinha da 19ª edição da Romaria a Cavalo que parte no próximo dia 24 de Abril, da Moita, em direcção a Viana do Alentejo, onde chega dia 27, às 17 horas.

A tradicional Romaria a Cavalo "Moita - Viana do Alentejo" está de volta e este ano realiza-se de 24 a 27 de Abril.

Évora vai dançar na rua e sem vergonha

Se no próximo dia 13 de abril sair à rua e vir meio mundo a dançar não se assuste. O mundo não está maluco, celebra-se o “World Dance Day”, o dia me que pode dançar na rua sem qualquer vergonha!

O evento decorrerá em 70 cidades de 30 países diferentes e em Portugal decorrerá em Évora (das 17 às 18 horas), Lisboa e Faro.

O “World Dance Day” é a maior festa de dança de discoteca silenciosa ao ar livre e, para participar, só precisa de se inscrever e levar o telemóvel (com o áudio enviado após a inscrição), auscultadores, calçado confortável, água e roupa colorida.

O Alentejo vai estar gravado a 3 dimensões

O património cultural do Alentejo vai ser registado em 3 dimensões.

A iniciativa pertence a uma organização não governamental (ONG) norte-americana “Global Digital Heritage” e decorre desde dia 6 até 24 de abril.

O palco da iniciativa será o Alentejo Central e o Baixo Alentejo e é a primeira vez que ocorre em solo nacional.

A intenção da ONG é realizar o levantamento digital 3D de património cultural numa perspetiva de salvaguarda digital, de potenciação das comunidades e de divulgação multimédia dos monumentos e sítios arqueológicos e patrimoniais.

Alentejano subiu ao pódio na Coreia do Norte

O atleta alentejano Ezequiel Lobo (Ezi), natural de viana do Alentejo, participou na Maratona de Pyongyang, na Coreia do Norte e conseguiu o 2º lugar na geral e o primeiro na categoria de amadores.

Como O Tribuna Alentejo avançou no dia 31 de março, a maratona de Pyongyang traz desportistas, profissionais e amadores, de todo o mundo e proporciona aos atletas uma viagem inesquecível pela hermética capital da Coreia do Norte.

Jogo de realidade aumentada invade hoje Évora

"Se 2018 marcou a estreia do Alentejo em eventos oficiais do jogo de realidade aumentada Ingress, 2019 marca já a consolidação dos mesmos". Estas são palavras de José Carlos Correia um dos organizadores do evento que decorre hoje, dia 6, em Évora. O evento conta com mais de 60 participantes, sendo um quarto deles de nacionalidade espanhola. 

Maior balão de ar quente do Mundo para passageiros vai estar em Coruche

Terminada há seis meses a segunda edição do Festival Internacional de Balonismo em Coruche, a empresa organizadora Windpassenger confirmou já o regresso em 2019 com a apresentação do Maior balão de ar quente do Mundo a voar comercialmente passageiros em Portugal.

Corrida de Vendas Novas vai apoiar Bebés Prematuros

A Corrida da Cidade de Vendas Novas celebra este ano um quarto de século e vai fazer reverter parte das suas receitas para a XXS, a Associação Portuguesa de Apoio ao Bebé Prematuro.

A data de realização desta edição está marcada para 19 de maio, com o convite a atletas de todas as idades e condições físicas a participarem nos 10 km EDP Distribuição, 5 Km Luís Guerra Mateus & Filhos Lda, Caminhada Família Delta e Corrida Jovem Diversões Alentejano.

Adega da Cartuxa lança nova colheita Pêra-Manca a 220 euros a garrafa

A Adega Cartuxa da Fundação Eugénio de Almeida, em Évora acaba de lançar uma nova colheita do vinho mais emblemático do Alentejo. O novo Pêra-Manca Tinto custa à saída da Adega 220 euros a garrafa e tem edição limitada a 20.000 garrafas.

6 anos depois: Bienal Internacional de Marionetas regressa a Évora

Há seis anos – desde 2013 - que a Bienal Internacional de Marionetas - BIME não se realiza, mas 2019, marca o regresso deste festival a Évora.

Realizou-se em 1987 pela primeira vez e, em 2013, realizou-se a última. Esteve agendada para 2015, adiou-se e acabou por não se realizar até este ano, alegadamente por ausência de financiamento de fundos comunitários.

Universidade de Évora quer prever sinistralidade

A Universidade de Évora – UÉ quer prever a sinistralidade e conta com um aliado de peso: a inteligência artificial.

Neste sentido, a Universidade de Évora e a GNR de Setúbal criaram uma parceria em que estão a desenvolver um programa de inteligência artificial que fará a previsão e agirá de modo a reduzir a sinistralidade nas zonas mais críticas de Setúbal.

Páginas