Está aqui

Curiosidades

Adega da Cartuxa lança nova colheita Pêra-Manca a 220 euros a garrafa

A Adega Cartuxa da Fundação Eugénio de Almeida, em Évora acaba de lançar uma nova colheita do vinho mais emblemático do Alentejo. O novo Pêra-Manca Tinto custa à saída da Adega 220 euros a garrafa e tem edição limitada a 20.000 garrafas.

6 anos depois: Bienal Internacional de Marionetas regressa a Évora

Há seis anos – desde 2013 - que a Bienal Internacional de Marionetas - BIME não se realiza, mas 2019, marca o regresso deste festival a Évora.

Realizou-se em 1987 pela primeira vez e, em 2013, realizou-se a última. Esteve agendada para 2015, adiou-se e acabou por não se realizar até este ano, alegadamente por ausência de financiamento de fundos comunitários.

Universidade de Évora quer prever sinistralidade

A Universidade de Évora – UÉ quer prever a sinistralidade e conta com um aliado de peso: a inteligência artificial.

Neste sentido, a Universidade de Évora e a GNR de Setúbal criaram uma parceria em que estão a desenvolver um programa de inteligência artificial que fará a previsão e agirá de modo a reduzir a sinistralidade nas zonas mais críticas de Setúbal.

A Confraria Gastronómica do Alentejo está de parabéns!

A Confraria Gastronómica do Alentejo - CGA comemorou, na passada segunda, 25 de março os seus 25 anos de existência.

Em 1994, um grupo de cidadãos alentejanos quis promover e divulgar a gastronomia do Alentejo e tomou a iniciativa de fundar esta confraria em prol da cozinha Alentejo, dos seus saberes e sabores culinários e produtos.

Elvas assinala Dia Mundial da Saúde pleno de atividades

Será no próximo dia 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, que Elvas irá receber a primeira feira da Saúde.

A iniciativa é da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla – SPEM e conta com o apoio da Câmara Municipal de Elvas.

Entre os objetivos principais estão: reforçar a importância da prevenção, da educação para a saúde e a promoção de estilos de vida saudáveis de forma interativa.

Jogos de tabuleiro: vamos esclarecer umas ideias?

Os jogos de tabuleiro modernos têm, actualmente, mais visibilidade fora da “comunidade gamer”, ganhando aceitação e adeptos fora dos nichos tradicionalmente “geek”. Apesar do aumento do número de famílias que os incorporaram nos seus momentos de convívio e da crescente adesão do seu uso como passatempo, ainda subsistem sobre si, no entanto, algumas ideias pré-concebidas que não correspondem exactamente à realidade:

 

1. Os jogos de tabuleiro são apenas para crianças

O vinho alentejano mais desejado foi eleito um dos melhores 10 vinhos do mundo

O vinho Pêra-Manca Tinto 2005, produzido pela Adega Cartuxa – Fundação Eugénio de Almeida, foi eleito um dos 30 melhores e mais desejados vinhos do mundo, conquistando um  destacado 9º lugar, na edição de 2019 do prestigiado Wine Style Award.

A distinção foi feita pela Vivino, a mais importante e mais descarregada aplicação de vinhos do mundo e as suas escolhas são alimentadas por mais de 35 milhões de utilizadores.

Moura e Serpa são territórios hospitalários

Moura e Serpa recebem, no dia 6 de abril, visitantes dos municípios espanhóis de Aracena e Aroche, numa iniciativa integrada no projeto “Território hospitalário: história medieval da raia”. Os nossos vizinhos espanhóis vêm a Moura e também a Serpa para conhecer o património das duas cidades alentejanas. Já antes, no próximo sábado, 30 de março, serão os munícipes de Moura e Serpa a visitar Aracena e Aroche, num roteiro de dia inteiro, incluindo palestras e visitas guiadas aos respetivos castelos.

Formar líderes e gestores com jogos de tabuleiro

Há um novo conceito de formação e que surge pelas mãos da “Board Games for Training” e que permitirá às empresas e aos seus profissionais terem a oportunidade de desenvolver competências de liderança e gestão utilizando jogos de tabuleiro modernos como ferramenta.

Lisboetas inventam Alentejaninha, uma versão alentejana da francesinha

Um restaurante lisboeta, o Intimista, prepara-se para lançar um novo petisco que, espera, seja um sucesso. Trata-se da versão alentejana da afamada francesinha que, por sinal, de francesa tem pouco, sendo um ex-libris gastronómico do Porto.

Pois pela mão do Chef Miguel Marçalo, nasceu a Alentejaninha, feita com pão alentejano, recheada com secretos de porco preto, morcela, presunto, farinheira e alguns ingredientes secretos, claro. Tudo aparentemente alentejano excepto o molho que, ao que sabemos, se mantém o original.

Páginas