Está aqui

Cultura

Santo António e Monsaraz Museu Aberto só em 2021

O Município de Reguengos de Monsaraz não vai realizar as edições deste ano das Festas de Santo António e da bienal cultural Monsaraz Museu Aberto. A autarquia cancelou até ao dia 1 de julho todos os eventos que ia organizar e até essa data não vai emitir qualquer licença para iniciativas culturais, recreativas e desportivas das associações ou de particulares. A pandemia de covid-19 assim o impõe.

Ponte de Sor vai lançar acesso à cultura "online"

O Município de Ponte de Sor está a preparar uma plataforma digital para promover os seus serviços e atividades ligados à cultura. Segundo aquele município alentejano este projeto nasceu da necessidade do concelho "criar novas ferramentas e soluções para promover o acesso à cultura, valorizando os artistas locais e o património documental e histórico do concelho".

O Milagre na Cela 7: um carrossel de emoções

Por Guilherme Catarino

Era essencialmente com um sentimento de curiosidade que, no passado domingo, pretendia ver “O Milagre na Cela 7”. Questionava-me sobre o porquê de tanto alarido à volta do filme, de tanta revolta, indignação e tristeza da parte daqueles que o contemplaram. Não seria apenas mais uma “lamechice” como tantos outros? Afinal de contas “lágrimas não são argumentos” - Machado de Assis assim o afirmou - pelo que, o que o diferenciaria de tantos outros? Estava lançado o desafio.

Alcácer do Sal com "celebração virtual" do 25 de abril

O Município de Alcácer do Sal vai festejar o Dia da Liberdade com a publicação de vários conteúdos virtuais preparados para os momentos-chave das celebrações.

Vidigueira desafia crianças a participar em concurso sobre o 25 de abril

A Câmara Municipal de Vidigueira está a promover o concurso “Vidigueira Criativa”, até ao próximo dia 3 de maio, lançando o desafio às crianças e jovens do concelho, entre os 3 e os 16 anos, para elaborarem, em família, um trabalho criativo sobre o 25 de Abril.

Os participantes podem participar numa ou em ambas as categorias do concurso com o máximo de dois trabalhos (não pode ultrapassar uma página A4): expressão plástica (desenho, colagem, pintura ou utilização de outras técnicas) e expressão escrita (texto livre, um poema ou uma banda desenhada).

Viana do Alentejo tem 4 jóias da sua cultura nomeadas às 7 Maravilhas

O Município de Viana acaba de ver nomeadas quatro das suas maiores riquezas às 7 Maravilhas da Cultura Popular a decorrer este ano, uma iniciativa nacional e que tem o objetivo de homenagear o património cultural material e imaterial, com destaque para a cultura popular, elegendo o que de melhor o país tem, enfatizando as tradições associadas a determinada região.

Em Alandroal não houve festa mas houve concerto surpresa da Banda

De 17 a 21 de abril, teriam lugar em Terena, concelho de Alandroal, as festividades em honra de Nossa Senhora da Boa Nova, no seu Santuário medieval, erguido nas imediações daquela histórica vila. 

Em muitos anos é a primeira vez na história que se dá uma interrupção da romaria devido a todas as contingências provocadas pela Covid-19.

Todos convidados para o concerto do Tó Zé

É um desafio lançado pela marca de cerveja Heineken e que pretende animar os portugueses que vivem em isolamento social há já umas semanas, em consequência da Covid-19 e de ajudar a celebrar e apoiar a música nacional.

Chama-se #HeinekenConvidaChallenge e a sala de espetáculos é a sua casa. O Festival tem início hoje, sábado, pelas 21h30 horas, com uma atuação do alentejano de Beja, António Zambujo. A transmissão gratuita vai acontecer online na página oficial de Instagram de António Zambujo.

Évora vai celebrar 25 de abril pela rádio

Este ano não ha celebrações do 25 de Abril com espetáculos na Praça de Giraldo, assim como outras manifestações públicas em Évora.

Assim a pandemia de COVID-19 obriga. Mas para não deixar passar a data em claro a Autarquia optou por recorrer à Rádio para comemorar o 25 de Abril.

A Peste Negra no Portugal Medieval: A História e a Ciência entre o Passado e o Presente

André Silva é doutorando em História Medieval na Universidade do Porto e integra as equipas de investigação do CITCEM – Universidade do Porto e do CIDEHUS – Universidade de Évora. O seu percurso académico é focado no estudo dos contextos socioculturais e económicos associados à História das Ciências da Saúde, no período medieval em Portugal.

Páginas