Está aqui

Cultura

Carlão dá concerto em Rio Maior em iniciativa solidária

O Cine-Teatro de Rio Maior vai receber um concerto de Carlão sábado, dia 20 de junho, pelas 21h30, a propósito do Festival Regresso ao Futuro.

Temporada de Concertos 2020 regressa ao Museu-Biblioteca da Casa de Bragança

O Museu-Biblioteca da Casa de Bragança, em Vila Viçosa, irá receber um ciclo de concertos de música clássica entre 27 de junho e 11 de dezembro.

A temporada de concertos 2020 é dedicada às peças musicais de Beethoven e a entrada será livre. A 27 de junho, a Igreja dos Agostinhos acolhe o Quarteto de Cordas, e a 1 de agosto a Camerata Atlântica sobe a este palco pelas 16h00.

Alcáçovas recebe “Janelas do Alentejo” de Carlos Figueira

De 19 de junho a 23 de agosto, o Paço dos Henriques, em Alcáçovas, recebe a exposição “Janelas do Alentejo”, de Carlos Figueira.

O projeto com o mesmo nome teve início em 1993 e deu o mote para esta exposição, sendo hoje uma marca registada que pretende divulgar o património alentejano através da interpretação de elementos arquitetónicos, entre outros.

Em exposição estarão 40 peças, réplicas ou interpretações dos elementos originais, feitas à mão com recurso a técnicas artesanais.

Ponte de Sor lança Prémio Literário José Luís Peixoto 2020

Apesar pandemia de COVID-19 e consequente Estado de Emergência, o Município de Ponte de Sor e a Biblioteca Municipal empenharam-se em encontrar soluções para a continuidade do Prémio Literário José Luís Peixoto 2020 e, embora com algumas alterações excecionais ao regulamento e que surgiram fruto destes tempos inesperados, o concurso irá decorrer.

As alterações são as seguintes:

Mora: Fluviário e Museu do Megalitismo reabrem para a semana

O Fluviário de Mora, o Museu Interativo do Megalitismo e a Casa Museu Manuel Ribeiro em Pavia, vão abrir já na próxima semana, indicou a autarquia local.

Dia 22 de junho, estes três polos de atração turística do concelho alentejano vão reabrir ao público no cumprimento das medidas impostas pela pandemia da Covid-19.

Beja cancela eventos previstos

Vivendo Portugal e o mundo ainda tempos de incerteza face à pandemia da Covid-19, a Câmara Municipal de Beja decidiu não realizar alguns eventos icónicos marcantes do concelho e do Alentejo.

Esta decisão incide essencialmente sobre o 16º Festival “Palavras Andarilhas”, prevista para agosto e a realização da 3ª edição da Feira “Patrimónios do Sul”, marcada para outubro, e que reúnem milhares de pessoas.

Reguengos devolve animação à cidade com concertos no Coreto

Ao longo de dois meses, música só com cantores e bandas daquele concelho alentejano, é a proposta do Município de Reguengos de Monsaraz. A ideia é devolver a animação à cidade e, ao mesmo tempo, apoiar artistas locais a quem as limitações colocadas pela pandemia do Covid:19 vieram dificultar a vida.

O Parque da Cidade de Reguengos de Monsaraz vai receber atuações em julho e agosto de cantores e bandas do concelho com um ciclo de espetáculos ao ar livre a que sugestivamente se deu o nome de Reguengos ComVida no Coreto.

O lenço

O lenço preto na cabeça

não tem significado

apenas quer ser lembrado

com medo de quem se esqueça.

Ninguém merece perder;

merino negro, penumbra no cabelo.

Às pintas ou às cores é possível vê-lo

no labor do campo, ao amanhecer.

 

Sol abraça o lenço,

D. Manuel I – Duas Irmãs para um Rei

Isabel Stilwell, a autora de romances históricos mais vendida em Portugal, traz-nos a empolgante história do rei D. Manuel I e de duas das suas mulheres, Isabel e Maria, filhas de Isabel e Fernando, os poderosos Reis Católicos de Castela e Aragão, com o livro «D. Manuel I – Duas Irmãs para um Rei». O livro encontra-se disponível nas livrarias desde o dia 2 de junho.

Hoje é dia de Portugal porquê?

Hoje, 10 de junho, é Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Sendo a História de Portugal rica em datas célebres, porquê esta? Porquê hoje?

A resposta está logo na própria designação do dia “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas” e esta escolha aconteceu por ter sido este, alegadamente, o dia da morte de Camões, um dos expoentes máximos da Língua e Literatura nacionais, em 1580. Sendo também ele uma voz dos Descobrimentos e de ligação de Portugal ao mundo português espalhado por todo o globo, a escolha recaiu assim na data de hoje.

Páginas