Está aqui

Alentejo

RUI NABEIRO COM CAMPANHA PARA AJUDAR IDOSOS ALENTEJANOS EM ALCÁCER DO SAL

“É Tempo de Ajudar” é o nome que a Associação Coração Delta, presidida por Rui Nabeiro, deu a uma campanha, que está na sua quarta edição e que visa ajudar os idosos alentejanos com maiores necessidades, envolvendo as Lojas Intermarché de Campo Maior, Elvas, Portalegre, Ponte Sôr, Nisa, Mação, Évora, Estremoz, Redondo, Alcácer do Sal, Vila Viçosa, Arraiolos, Vendas Novas, Viana do Alentejo, Aljustrel e Moura, entre outras.

BAIXO ALENTEJO PREMIADO POR "PRÁTICAS AMIGAS DAS FAMÍLIAS"

O Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis voltou a premiar os municípios de Almodôvar e Mértola, no Baixo Alentejo, com a Bandeira Verde por "práticas amigas das famílias".

CÂMARA DE CASTRO VERDE BAIXA IMPOSTOS

A Câmara de Castro Verde, no Baixo Alentejo, iniciou um processo de redução de impostos aos munícipes através da aprovação da fixação da taxa de participação do IRS em 4,5% para o próximo ano, no que significa uma descida de meio ponto percentual. Segundo o município este desagravamento decorrerá até pelo menos 2021, sendo que nessa altura deverá estar fixado nos 3%.

MOURA PROMOVE EXPORTAÇÕES DO SEU SECTOR AGROALIMENTAR

Como Internacionalizar? É a questão a que pretende dar resposta a ADPM-Associação de Defesa do Património de Mértola e a APROSerpa- Associação de Produtores do Concelho de Serpa, com o apoio da Câmara Municipal de Moura, através de um workshop que visa capacitar a decisão e a estratégia das empresas interessadas do sector agroalimentar, que pretendam reorientar as suas estratégias de desenvolvimento para a exportação dos seus produtos e ao alargamento da base de clientes internacionais.

BARRANCOS CORRE PARA SALVAR LINCE IBÉRICO

O Lince Ibérico, um dos últimos símbolos da nossa vida selvagem, esteve à beira de desaparecer até ao final do século XX, quando restavam apenas cerca de 100 exemplares. O país suspendia a respiração sempre que passava algum tempo sem que desse sinal, e estarrecia quando sabia que o tinham visto algures, errante e distante da sua principal ameaça, o homem.

BEJA: VIVER E TRABALHAR NO MUNICÍPIO "CERTO" POUPA 26 ANOS DE TRABALHO

Muitas famílias têm encontrado dificuldades na concretização do sonho de ter casa própria devido ao aumento dos preços no setor imobiliário nos últimos anos. Se os distritos do Interior se destacam pela positiva, exigindo a aquisição de habitação, em média, apenas 15 anos de trabalho, as realidades do Algarve (42 anos), Lisboa (36 anos) e Madeira (28 anos) deixam em evidência as disparidades entre os salários e o preço por m² médios em algumas regiões do nosso país.

ALUNOS DO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE VENCEM CINANIMA 2017

O maior e mais antigo festival de animação nacional e o terceiro mais antigo do mundo, o Cinanima, premiou com o galardão "Jovem Cineasta" três estudantes do Instituto Politécnico de Portalegre com a curta-metragem "A viagem". Falamos de João Monteiro, Luís Vital e Ricardo Livramento, alunos da licenciatura em Design e Animação Multimédia do Instituto Politécnico de Portalegre.

TRABALHO SAZONAL LEVA SERPA A CRIAR UM CENTRO DE APOIO AO IMIGRANTE

Integração e segurança são dois dos principais motivos que estão na base de um Contrato Local de Segurança de Serpa e das preocupações que foram levadas esta semana ao Ministério da Administração Interna e decorrem do considerável número de imigrantes que se deslocam para aquele concelho do Baixo Alentejo na altura da apanha da azeitona.

LABORATÓRIO HERCULES EXPLORA MURAIS DE ALMADA NEGREIROS

O Laboratório HERCULES, da Universidade de Évora, encerrou este mês a primeira fase de "uma campanha analítica que visa caracterizar a técnica pictórica e os materiais empregues por Almada Negreiros nos murais pintados entre 1939 e 1940 na antiga sala de receção e atrium de entrada do edifício Diário de Noticias em Lisboa e prepara-se agora para realizar análises mais aprofundadas em laboratório, de camadas cromáticas que foram recolhidas no local.

FESTIVAL DE DOÇARIA PALACIANA EM ALCÁÇOVAS

Um autêntico festival de doçaria tradicional e palaciana na velha vila de Alcáçovas, em Viana do Alentejo, vai encher as mesas do Bolo Conde de Alcáçovas, do Bolo Real, das Sardinhas Albardadas e dos Amores de Viana. O evento decorre entre 1 e 3 de dezembro e junta vinte cinco doceiras e doceiros de vários pontos do país, para mostrar o que de melhor se faz ao nível da doçaria tradicional e palaciana, num certame que já se afirmou como um dos mais procurados eventos de inverno da região.

Páginas