Está aqui

Alentejo

Abertas candidaturas para mercado de rua de Festival Islâmico de Mértola

A Câmara Municipal de Mértola anunciou que as candidaturas para a participação no mercado de rua do Festival Islâmico, que se realiza de 19 a 22 de maio de 2022, já estão abertas e decorrerão até dia 4 de março do próximo ano.

De acordo com a Rádio Pax, esta 11.ª edição do Festival Islâmico, com a organização da autarquia, já era para se ter realizado no ano passado, mas foi adiada para 2022 devido à pandemia. O evento realiza-se de dois em dois anos durante o mês de maio, com o objetivo de evocar o período islâmico na vila museu.

Portalegre entre os distritos com menos nascimentos

Em Portugal, nos primeiros dez meses do ano, nasceram pouco mais de 65 000 crianças, um número que representa o valor mais baixo de sempre para igual período, segundo os dados do Instituto Nacional Ricardo Jorge baseados no rastreio neonatal “Teste do Pezinho”.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), citados pela Lusa, até ao dia 31 de outubro de 2021, foram rastreados 65 637 recém-nascidos no âmbito Programa Nacional de Rastreio Neonatal (PNRN), menos 6 082 face ao mesmo período do ano passado (71 719).

Beja acolhe exposição elaborada por artistas com paralisia cerebral

Sete artistas plásticos com paralisia cerebral vão mostrar 25 pinturas com as suas visões artísticas do mundo, a partir de dia 3 de dezembro, em Beja, através da exposição “Arte Numa Perspetiva Diferente”, que celebra 20 anos.

Segundo a agência Lusa, a 20.ª edição da exposição vai ser inaugurada no Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, às 10:30, e estará patente ao público até dia 7 de janeiro, na galeria de arte da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA).

Alcácer do Sal recebe primeiro teste para o Rendimento Básico Incondicional

Dentro de “alguns meses” vai avançar, em Alcácer do Sal, uma primeira experiência de implementação do Rendimento Básico Incondicional (RBI), uma prestação que poderia ser atribuída a cada cidadão, independentemente da sua situação financeira, familiar ou profissional, para permitir uma vida com dignidade.

Universidade de Évora quer ter engenharia aeroespacial em 2022

A Universidade de Évora (UÉ) quer abrir, no próximo ano letivo, uma licenciatura em engenharia aeroespacial para dar resposta à “procura muito grande” pelo curso e à necessária formação de quadros para as empresas da região.

“Este curso foi enviado à Agência” de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior e “espero que abra no próximo ano”, afirmou a reitora da academia alentejana, Ana Costa Freitas, em declarações à agência Lusa.

Viana do Alentejo celebra 7.º aniversário do cante alentejano como património

O município de Viana do Alentejo vai promover, no próximo dia 27 de novembro, a atuação de grupos corais pelas ruas do concelho, para assinalar o sétimo aniversário da classificação do Cante Alentejano como Património Cultural e Imaterial da Humanidade.

Évora: Parque Tecnológico do Alentejo inicia obras de ampliação

As obras de ampliação do Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT), em Évora, já arrancaram, num projeto de quase nove milhões de euros da autoria do arquiteto Carrilho da Graça, avança a Lusa.

Castelos de Monsaraz e Marvão entre os mais procurados pelos turistas

O Castelo de Monsaraz ficou em 5.º lugar e o Castelo de Marvão em 6.º lugar na lista dos castelos mais procurados pelos turistas portugueses no ano de 2021, de acordo com uma análise de dados realizada pelo motor de buscas espanhol @Holidu.

Segundo a mesma fonte, o estudo contemplou mais de 200 castelos. A classificação foi elaborada com base no número de comentários, a classificação e o volume de pesquisa.

Sines e Mértola assinalam aniversários do Programa Bandeira Azul

Sines recebeu o prémio de “Município Mais Azul” do Alentejo, pelo terceiro ano consecutivo, e Mértola recebeu o Certificado Internacional dos 10 Anos da Praia da Albufeira da Tapada Grande pelas mãos de Mrs. Lesley Jones, presidente da Fundação para a Educação Ambiental.

Museu Rainha D. Leonor em Beja recebe investimento extra de 2,8 milhões

O investimento de 1,7 milhões de euros destinado à reabilitação do Museu Rainha Dona Leonor, em Beja, vai ser complementado com um investimento de mais 2,8 milhões de euros, ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

A informação foi revelada pela ministra da Cultura, Graça Fonseca, à margem da cerimónia de assinatura do contrato para a empreitada de valorização e conservação do Convento de Nossa Senhora da Conceição – Museu Rainha Dona Leonor, realizada nesta quarta-feira, dia 24 de novembro.

Páginas