Alentejo Litoral

MADONNA INSPIRA-SE NO ALENTEJO

Já é conhecido o fascínio da famosa cantora norte-americana por Portugal e Madonna está novamente em terras lusas.

Depois da inevitável Lisboa, Madonna foi encontrar inspiração e calma no Alentejo, mais concretamente na Comporta, como revelou nas redes sociais.

GESTÃO DA LAGOA DE MELIDES É PROJETO PILOTO EUROPEU

A Lagoa de Melides foi escolhida como área piloto para integrar em Portugal o projecto de Cooperação Territorial Europeia WETNET (Gestão coordenada e networking das zonas húmidas do Mediterrâneo). 

O projecto procura envolver todos os actores locais na gestão da lagoa, conciliando conservação e exploração racional de recursos, numa estratégia semelhante aos "River Contracts" utilizados e, França e Itália há mais de 20 anos.

RESTRIÇÕES NO USO DE ÁGUA IMPOSTAS NO ALENTEJO

Ao todo são quinze os concelhos alentejanos onde foram decretadas restrições no uso de água como redução da rega de jardins e hortas, proibição de lavagem de carros e encher piscinas e encerramento de todas as fontes decorativas. Falamos  Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém e Sines, no litoral alentejano, Ferreira do Alentejo, Almodôvar, Alvito, Castro Verde e Aljustrel, no Baixo Alentejo, Arronches no Alto Alentejo e Viana do Alentejo,   Redondo, Alandroal, Arraiolos, e Borba, no Alentejo Central. 

MÚSICAS DO MUNDO ABRE ESTA SEXTA-FEIRA EM SINES

O festival mais internacional do país e que foi distinguido este ano nos Iberian Festival Awards 2017, arranca na próxima sexta-feira, 21 de julho, em Sines e conta este ano com artistas de 36 países, dos 5 continentes, num total de 56 concertos musicais.

OBRAS NA ESTRADA DA PRAIA SÃO TORPES/PORTO COVO SÓ DEPOIS DO VERÃO

A estrada que liga a praia de São Torpes e Porto Covo, em Sines (CM 1109), e que dá também acesso às praias de Morgavel, Vieirinha e praia grande de Porto Covo, provoca críticas dos utilizadores, que por esta altura são em maior número por estarmos no verão e aquela região do Litoral Alentejano atrair um número crescente de turistas.

ODEMIRA: 220 AVÓS E NETOS CELEBRAM JUNTOS DIA DOS AVÓS

A estrutura familiar alterou-se e a convivência entre avós e netos é hoje um privilégio para poucos. A importância dos avós no crescimento e aprendizagem das crianças e o seu papel nas famílias levou à criação do dia mundial dos Avós que se celebra a 26 de julho, precisamente para recordar que os avós continuam a ser os guardiões das histórias da família, os elos entre o passado e o presente, e ajudam a criar nas crianças um sentido de comunhão, de pertença e continuidade.

JULHO EM ODEMIRA É MÊS DE FACECO

Chega julho e em Odemira já se sabe que a FACECO chega também. A Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira, promovida pelo Município e outras entidades, vai decorrer de 21 a 23 de julho, em S. Teotónio.

Este certame onde a pecuária, agricultura, turismo e o artesanato são o mote é ainda marcado pela muita animação e boa gastronomia.

ELVAS PATRIMÓNIO ACÚSTICO PROSSEGUE

O ciclo de concertos “ELVAS - Património Acústico” prossegue já dia 18 de julho, às 21h, com a atuação do Coro de Schaffhausen, na Igreja de Nossa Senhora da Assunção (antiga Sé) e da Orquestra do Conservatório D’Artes de Loures, a 26 de julho, às 21.30 horas, na Igreja de São Domingos.

A organização está a cargo da autarquia e da Academia de Música de Elvas “Manuel Rodrigues Coelho” e GADICE.

 

Imagem de youtube.com/watch?v=H32wvOWEyjY

ALENTEJO ENTRE OS 43º E OS 46º C

Ontem as temperaturas no Alentejo bateram os 46ºC mas, e ao contrário do que é habitual, Beja não foi a cidade mais quente. Esse lugar ficou desta vez para o Alentejo Central, com Mourão, Portel e Reguengos de Monsaraz a igualar a máxima. 

Moura, Serpa e Vidigueira marcaram 45ºC e Beja ficou-se pelos 43ºC. No Alto Alentejo Marvão foi o mais fresco, com 39ºC, com todos os outro sconcelhos a superar os 40ºC. Odemira, no litoral alentejano, foi a mais fresca, ficando-se pelos 35ºC.

Imagem de capa de blogs.toolbarn.com

 

 

SABORES DO SADO EM DESTAQUE NO FESTIVAL DE ALCÁCER DO SAL

Com a originalidade de “conciliar as espécies do rio Sado e convertê-las em petisco” e a “procissão noturna que conta com a participação de dezenas de barcos de Setúbal, de Alcácer do Sal e da Carrasqueira", o Festival de Sabores do Sado 2017 volta a atrair visitantes a Alcácer do Sal, que querem conhecer a riqueza do rio Sado, através da gastronomia.

Páginas