Alentejo Central

"Não é viável" arrendar camas do Seminário de Évora a estudantes universitários

O problema da falta de camas para estudantes do ensino superior em Évora não vai ser mitigado pela oferta de camas aos estudantes no Seminário Maior de Évora. Para o arcebispo de Évora e apesar da preocupação com o problema, "não é viável" arrendar camas do Seminário Maior aos estudantes.

Instituições e proprietários querem salvar Anta Grande do Zambujeiro em Évora

A maior anta da Península Ibérica, situada em Évora, e que se encontra em risco de colapso, vai ser alvo de um projeto de recuperação, numa parceria que envolve Município, Estado e os 4 proprietários do terreno onde esta se encontra instalada. A iniciativa prevê um investimento de 300 mil euros e vai candidatar-se ao programa Valorizar, do Turismo de Portugal,  que suportará 70% do valor em causa, ficando os restantes 30% distribuídos pelo Estado, pelo Município de Évora e pelos proprietários do terreno.

Évora organiza conferência internacional sobre o mundo marinho

Arranca hoje em Évora a 17th International Meiofauna Conference (SeventIMCO), que vai juntar no Alentejo especialistas em biodiversidade, conservação e funcionamento dos ecossistemas aquáticos, com particular destaque para os ecossistemas marinhos de mar profundo, oriundos de 34 países.

Bruno Martins é cabeça de lista pelo Bloco de Esquerda em Évora

O Bloco de Esquerda acaba de aprovar a lista de candidatos às legislativas do círculo de Évora, que vai ser encabeçada por Bruno Martins.

Grãos de areia

Esta é a história verdadeira do homem que de decidiu contar os grãos de areia, um por um, da praia que ficava perto da casa dele. 
Zé Fagundes sempre tinha sido um homem de princípios. Sempre tinha sido obcecado por um motivo, por uma tarefa. Cada momento da sua vida era regido por uma tarefa a terminar, um obstáculo a ultrapassar, algo a fazer.

Reguengos adere à Associação Internacional de Cidades Educadoras

Reguengos de Monsaraz vai aderir à Associação Internacional de Cidades Educadoras, uma estrutura permanente de colaboração entre os governos locais envolvidos com a Carta das Cidades Educadoras. A decisão foi aprovada por unanimidade na reunião de câmara realizada no dia 15 de maio e na Assembleia Municipal que decorreu no dia 28 de junho.

Artes À Rua em Évora vai custar meio milhão de euros

O Município apresenta-o com um não festival. Falamos no Artes À Rua, que vai durar dois meses com espetáculos diários pelas ruas e praças da Cidade de Évora, de artistas vindos de 14 países e que vai custar aos cofres da Câmara qualquer coisa como meio milhão de euros.

O evento decorre entre 13 de Julho e 5 de Setembro e inclui música, artes plásticas, fotografia e performance e pretende diversificar-se e internacionalizar-se, no âmbito da candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura.

Um festim de caracóis e lagostins e 3 dias de música, tudo no Castelo de Alandroal

“Festival Fora da Casca”. O nome é tão sugestivo quanto eclético e reúne no Castelo de Alandroal, entre hoje e 7 de julho os melhores pitéus com caracol, caracoleta e o lagostim, acompanhados de música. Três dias num cenário único, onde pode provar estas iguarias, cozinhadas das mais variadas formas, em diversas tasquinhas, e um espaço um espaço de animação e convívio com espetáculos musicais e insufláveis para divertir os mais novos.

Antiga Casa Pia de Évora entra na lista dos imóveis para arrendamento

A anteriormente denominada Casa Pia de Évora, na Avenida Dinis Miranda, em Évora, integra a nova lista de edifícios históricos que vão ficar ao abrigo do programa governamental de arrendamento a preços acessíveis.

O governo chegou a colocar à venda o edifício, uma moradia com cave, R/C e 1º andar, com área bruta privativa de 369 m2 e área do lote de 848 m2., no portal Imobiliário Público mas não foi possível determinar os valores envolvidos.

Esta notícia foi editada a 5 de julho às 9h23

Viana do Alentejo leva pessoas com poucas oportunidades a ver o mar

O município de Viana do Alentejo está a promover um programa de lazer para os munícipes das três freguesias daquele concelho alentejano e que consiste em deslocações organizadas à praia de Troia. Segundo o município alentejano o programa permite apoiar aqueles "que, de outra forma, não teriam a oportunidade de desfrutar de uma ida à praia".

Páginas