14 Outubro 2014      01:00

Está aqui

Músico de Ouvido

Caros leitores,

muitas vezes já me questionaram sobre o que faço na vida, e, após a resposta “sou músico”, voltavam a fazer-me a mesma pergunta com uma pequena variante. “Mas o que fazes mesmo para viver?”, ao que eu voltava a responder, “sou músico”. Logo de seguida a conversa ia ter a um parente próximo ou amigo que tocava incrivelmente bem guitarra e que nunca tinha estudado música.

Obviamente que existem excepções, mas, sinceramente não me recordo de nenhum caso na música erudita de alguém com sucesso que nunca tenha estudado. No Jazz e no Pop poderá ser mais recorrente mas mesmo os que conheço tiveram algumas aulas ou workshops ou estudaram por si próprios por intermédio da audição exaustiva de gravações áudio. Por isso pergunto, como é que alguém pode ser um músico extraordinário sem ter estudado? Se fosse tão extraordinário não estaria ele a dar concertos e a ser músico a tempo inteiro? Imaginem que eu vos digo que tenho um amigo que nunca estudou medicina mas que tem muito jeito e que dá umas consultas maravilhosas. Vocês iam ao consultório dele se estivessem doentes?

Estudar para tocar um instrumento não é só o desenvolvimento técnico deste. Existem uma série de disciplinas, como história da música, análise e técnicas de composição, acústica, estética, psicologia da performance, entre outras, que irão permitir ao músico ter uma maior consistência na maneira como aborda as suas prestações no palco.

Quero deixar claro que não tenho nada contra quem tem a música como “hobbie”, antes pelo contrário pois essas pessoas ajudam a que o nível dos profissionais seja mais elevado e em minha opinião acho que o ensino da música deveria ser facilitado a todos os que o procuram independentemente do seu objectivo nesta. 

Há muitas pessoas que pensam que o músico é aquela pessoa que canta/toca por gosto. Acontece que essa pessoa que vemos a tocar passou anos a praticar para aquele momento e que também tem contas por pagar. Já convivi com inúmeros músicos excelentes que passam oito horas diárias a praticar o seu instrumento ou a investigar assuntos relacionados que lhe irão permitir um maior desenvolvimento. Não será isto um emprego a tempo inteiro?

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.