2 Outubro 2014      01:00

Está aqui

ENAJ: no Alentejo, para Portugal

No fim-de-semana (4 e 5 de Outubro) a cidade de Évora acolhe o evento por excelência do movimento associativo juvenil, o ENAJ – Encontro Nacional das Associações Juvenis, que reúne os seus dirigentes e jovens participantes, num encontro que marca a agenda da construção de políticas de juventude, e debate dos problemas que as associações e jovens enfrentam nas suas realidades.

No mesmo espaço mas um dia antes (3 de Outubro) vai ser realizado o Seminário “Europa 2020”, que irá ter dois momentos: o primeiro juntando os presidentes de federação de todo o território nacional, com os presidentes dos Conselhos Regionais de Juventude fronteiriços espanhóis; e o segundo, juntando os representantes políticos regionais nacionais e os seus homólogos espanhóis, também das regiões fronteiriças.

Esta iniciativa vai trazer uma grande dinâmica à cidade (mais de 800 participantes), e vai contar com a presença de grandes nomes do panorama nacional, como os Senhores Secretários de Estado do Desporto e Juventude e o Secretário de Estado do Emprego, personalidades públicas, organismos de juventude Estatais e a Câmara Municipal de Évora.

Neste sentido, entendo o 13º ENAJ como um salto de gigante, no caminho para o desenvolvimento do tecido associativo juvenil da região, imprimindo um impulso positivo na envolvência dos dirigentes e jovens, em conjunto com os dirigentes políticos.

A abordagem aqui desenvolvida vai ao encontro das necessidades dos jovens, e do que se espera que seja a sua envolvência na vida política e democrática nos temas que lhe dizem respeito, e neste caso, que influenciam directamente a sua condição e o seu futuro. Ouço diariamente os jovens afirmarem que estão longe da política, e que são afastados das decisões, pois têm agora uma oportunidade de estar mais próximos das decisões, e sobretudo, de participar activamente.

Além disto, existem de forma adjacente os momentos de convívio, partilha e troca de ideias a nível informal entre os participantes do evento, conhecem-se novas pessoas e novas realidades, e inicia-se um processo de criação de rede, factor de extrema importância dentro do movimento associativo para a realização de projectos e parcerias.

Para terminar, não posso deixar de referir o orgulho de estar a receber este evento como Presidente de Direcção da FRAJAL, que se realiza pela primeira vez no Alentejo. Em nome de todos os corpos sociais deixo o agradecimento à FNAJ, por realizar este encontro na cidade de Évora, e através disso, transmitir o estímulo necessário à evolução positiva da FRAJAL, no caminho da proximidade para com os jovens e as associações. 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.