8 Março 2015      00:00

Está aqui

"Dia da Mulher"

"Para cada mulher que deu à luz, para cada contribuinte e cidadão deste país, lutámos pela igualdade de direitos de todos os outros. É a nossa vez de ter igualdade salarial de uma vez por todas e igualdade de direitos para as mulheres"

Foi assim que Patrícia Arquette terminou o seu discurso aquando da recepção do Óscar de Melhor Actriz Secundária.

É de facto preocupante que nos dias que hoje correm ainda tenha que existir alguém que alerte para este tipo de desigualdades.

Em Portugal, o salário médio anual de uma mulher ronda os € 21.600, contra os € 30.500 auferidos por um homem.

Curioso é que, o critério de definição da remuneração previsto na legislação laboral seja constantemente desrespeitado sem que ninguém olhe de frente para esta realidade.

Pessoalmente nunca concordei com o sistema de quotas, seja nas empresas, seja em listas partidárias.

Na minha acepção, os lugares conquistam-se pela qualidade e pala competência e não por qualquer obrigação de contratação por género.

Desta forma, e perdoem-me os defensores deste sistema, quase parece que se está a fazer um favor ao indicar o nome da pessoa para o lugar…

No entanto, tenho que admitir que a realidade é um pouco diferente. Se não fosse este sistema, muitos talentos femininos teriam ficado por descobrir.

Nunca tanto como hoje se falou em violência doméstica, sendo chocante que ainda existam pessoas que acreditam que a agressão e o insulto são formas de amor.

O número conhecido de pessoas assassinadas pelo cônjuge continua a aumentar a cada dia que passa, o que fez com que, finalmente, se venha a discutir o afastamento dos agressores da casa de morada de família.

Neste dia da mulher todos todos se lembram e denunciam estes factos.

O desafio que deixo aqui é que se continuem a fazer o mesmo de hoje em diante.

Porque estas pessoas não vivem com estas desigualdades apenas um dia no ano, mas sim todos os dias.

A todas as mulheres um feliz dia!

A todas as vítimas de agressão e discriminação, continuem a lutar. Está na hora de dizer basta!

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.