8 Agosto 2020      12:16

Está aqui

Seca preocupa a entidade gestora do Alqueva

A seca que se vive no Baixo Alentejo (ver peça à parte) começa a preocupar os responsáveis pela gestão da água da Barragem Alentejana, a Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva (EDIA), que já se prepara para impor restrições no que toca ao acesso a água da barragem para as culturas que são mais gastadoras e menos eficientes.

Uma peça da Jornalista Arlinda Brandão, para a RTP, refere que existem já agricultores – e que se enquadram nos pressupostos acima referidos - a serem contactados, um a um, por carta, e estando já a ser alertados para medidas mais gravosas.

A barragem do Alqueva está já há seis anos sem atingir o armazenamento pleno e conta, por agora, com cerca de 1650 milhões de metros cúbicos disponíveis. Este número garante as necessidades, por agora, pois a manter-se o ritmo ou a verificar-se um aumento da área regada e dos consumos, pode estar em causa o correto abastecimento.

 

Imagem de wikimedia.org

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.