9 Janeiro 2020      10:53

Está aqui

Santo André exige obras urgentes na extensão de saúde

David Gorgulho, presidente da Junta de Freguesia de Santo André

Telhado em amianto, saneamento deficiente, buracos no teto, mobiliário degradado, paredes rachadas e mau isolamento térmico são os motivos que levaram o presidente da Junta de Freguesia de Santo André, em Santiago do Cacém, a exigir ao governo obras urgentes.

David Gorgulho, o autarca, defende que o edifício onde está a extensão de saúde local, e que serve cerca de 11 mil habitantes, não tem condições quer para os utentes, quer para os profissionais de saúde e por isso exige obras urgentes, prometidas e mapeadas como prioridade no Programa Operacional Regional do Alentejo para 2017/18. David Gorgulho critica a falta de resposta a uma obra considerada necessária e prioritária e exige uma intervenção rápida em carta dirigida ao Governo no final de dezembro.

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.