16 Novembro 2018      22:41

Está aqui

Quem manda na água de Alqueva?

Quem manda na água de Alqueva? É esta a questão levantada pela FENAREG que questiona o Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva – EFMA, até agora gerido pela EDIA e para quem a gestão de Alqueva tem sido um sucesso.

As duvidas e respostas surgiram em Aljustrel, onde decorrem as Jornadas FENAREG 2018 e onde a Federação Nacional de Regantes de Portugal e da Federação das Associações dos Agricultores do Baixo Alentejo -FAABA, apresentou um estudo que propõe um novo modelo de gestão do regadio público na área de influência do EFMA onde os agricultores poderiam escolher a que bloco de rega estariam integrados, numa gestão a nível central ou por uma associação de regantes. Na opinião da EDIA, esta repartição da gestão das águas de Alqueva representaria uma perda de eficiência e contrariaria os excelentes números apresentados até ao momento.

De todos os blocos de rega de Alqueva, só dois não viram a sua gestão entregue à EDIA. No entanto, em 2020, as concessões terminam e o Estado português terá que rever esta situação.

 

Imagem de agroportal.pt

 

 

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.