27 Abril 2021      08:50

Está aqui

Procura imobiliária aumentou no Alentejo no início do ano

Entre janeiro e março de 2021, a atividade imobiliária disparou na região interior de Portugal, com a procura de moradias, terrenos, quintas e herdades a aumentar, anunciou a plataforma Imovirtual, citada pelo Jornal Económico.

Em comunicado, a plataforma imobiliária sublinha que a procura por este tipo de produtos imobiliários destacou-se nas regiões de Beja, Bragança, Braga, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda, Portalegre, Santarém e Vila Real.

Relativamente a quintas e herdades, a Imovirtual calcula que a procura por este tipo de produtos imobiliários aumentou 47,6%, face ao primeiro trimestre de 2020, e cresceu 15,1% perante o quarto trimestre de 2020. Por região, Portalegre, Vila Real e Évora destacaram-se neste indicador.

Já no caso das moradias, a procura fixou-se em 43,5% face ao primeiro trimestre de 2020, mas na variação em cadeia a procura acelerou apenas 29,9%. Por região, “os distritos com números mais elevados em relação a este tipo de imóvel são Santarém, Faro e Castelo Branco”.

Quanto à procura de apartamentos, “e fazendo uma análise global do país, verifica-se um aumento (24,6%) da procura face ao último trimestre do ano passado, mas também uma quebra (-0,5%) no comparativo com os primeiros três meses de 2020”, indica a Imovirtual.

A procura de terrenos disparou 69,3%, em termos homólogos, enquanto no acumulado verificou-se uma aceleração de 27,4%. Por região. Neste caso, as regiões que mais se destacam são Portalegre, Bragança e Vila Real.

 

Imagem de capa de fotoviajar.com

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.