31 Março 2021      12:19

Está aqui

Primeira Unidade de Cuidados Intermédios Médicos nasce em Évora

A Unidade de Cuidados Intermédios Médicos (UCIM) do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), um projeto inovador que permite dar resposta aos doentes que necessitem de cuidados médicos de nível 1, já entrou em funcionamento.

De acordo com o hospital, a UCIM (nível 1) iniciou a sua atividade com uma capacidade de 4 camas para doentes que não necessitem de isolamento e 2 camas para doentes com necessidade de isolamento, num total de 6 camas. Contudo, a curto/médio prazo, em função da situação epidemiológica na região, esta poderá aumentar a sua capacidade para 9 camas.

A nova unidade irá receber doentes dos vários Serviços de Internamento do HESE e do Serviço de Urgência, que necessitem de uma vigilância e de um tratamento que não é possível ser realizado em enfermaria, em idênticas condições de qualidade e segurança, isto é, “ de uma monitorização mais frequente e não invasiva, ou minimamente invasiva, do risco de falência de órgão e sem necessidade de suporte invasivo de órgão (sendo estes últimos internados nas Unidades de Cuidados Intensivos de nível 2 ou 3 já existentes)”.

Esta é uma unidade pioneira, parte integrante do mais recente Centro de Responsabilidade Integrada (CRI) do HESE, constituído pelos Serviços de Urgência e Emergência e de Medicina Intensiva (CRISUMEDI). Trata-se do primeiro CRI a nível nacional da área da urgência, emergência pré-hospitalar e medicina intensiva.

A UCIM é um dos primeiros projetos do CRISUMEDI, o primeiro CRI a nível nacional da área da urgência, emergência pré-hospitalar e medicina intensiva.

 

Fotografia de sns.gov.pt

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.