6 Novembro 2018      10:52

Está aqui

Preço do Vinho alentejano exportado dispara. Aumentos chegam aos 22%

Os vinhos alentejanos para exportação dispararam neste último ano e chegam a atingir aumentos na ordem dos 22%. Segundo dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) os vinhos do Alentejo registaram uma valorização de 9% no preço de exportação nos primeiros seis meses de 2018 face ao período homólogo do ano passado, sendo que o vinho DOC (Denominação de origem Controlada) Alentejo foi exportado por um valor 16% mais elevado (a 4,50 euros por litro), enquanto o Regional Alentejano aumentou 6% (para 2,99 euros por litro).

Ainda segundo a CVRA “a subida dos preços verificou-se em todas as áreas geográficas para onde os vinhos da região são vendidos, com variações de 4% na Europa, 7% na América do Norte, 19% na América do Sul, 2% em África, 22% na Ásia & Médio Oriente e 10% na Oceânia”.

Esta trajectória de crescimento dos preços é justificada com o reconhecimento da qualidade do vinho do Alentejo nos mercados internacionais, dispostos a pagar mais por um produto que que consideram de qualidade.

Francisco Mateus, presidente da CVRA, explica que “até junho, o DOC Alentejo foi vendido a um preço médio de 4,50 euros/litro, o que compara com a média nacional de 2,97 euros, e o Regional Alentejano a 2,99 euros/litro, quando a média nacional foi de 2,53 euros”.

Porém há um senão que a CVRA explica, e que é a queda da exportação do vinho alentejano, uma diminuição da exportação na ordem dos 17% (em número de garrafas), o que equivale a uma queda de 10% no valor da exportação, com um especial foco na Europa e em África e que é justificada com quebras de produção.

“Por um lado, o Vinho do Alentejo ao valorizar no preço por garrafa traduz um ganho de notoriedade e ganha mais espaço no mercado mais ligado à qualidade e à confiança do produto, que é caminho que queremos continuar a seguir. Por outro lado, sabemos que a região teve três anos sucessivos de quebras na produção, que se traduziu, consequentemente, numa menor quantidade de vinho exportada”, defende Francisco Mateus.

Os vinhos alentejanos, estima-se, irão superar este ano os 60 milhões de euros em exportações.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.