7 Dezembro 2017      10:39

Está aqui

PÃO ALENTEJANO PROCURA PROTEGER A SUA AUTENTICIDADE

O Pão Alentejano, património da região e com características únicas, desde a utilização de farinhas específicas aos dois processos de fermentação por que passa, assim como pela utilização de uma porção de massa retirada da amassadura anterior e que lhe dão um gosto acidulado único, é um produto fortemente tradicional e cada vez mais procurado dentro e fora do Alentejo. Com um impacto económico crescente na região, o Pão Alentejano procura proteger as suas características e preservar a sua qualidade.

Uma das entidades envolvidas no processo de certificação do Pão Alentejano é a Entidade Regional de Turismo do Alentejo, que dispõe de financiamento comunitário para suportar os passos que estão a ser dados para o registo de proteção deste produto alentejano e que inclui a constituição de um agrupamento de produtores, que abrange 318 das 350 padarias em atividade em todo o Alentejo, e que resultará num selo de Indicação Geográfica Protegida (IGP), um pouco como a Denominação de Origem Controlada (DOC) para os vinhos, queijos e manteigas e que atesta a origem dos produtos.

Imagem de capa de paorustico.com

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.