19 Agosto 2016      18:18

Está aqui

PALAVRAS ANDARILHAS À SOLTA EM BEJA

A cidade de Beja vai receber, entre 24 e 28 de Agosto, a 4ª edição de Palavras Andarilhas  e o Festival de Contos do Mundo. Serão vários os pontos da cidade que vão receber estas iniciativas.

O Jardim Público de Beja receberá, por mais um ano, a 4ª edição do Palavras Andarilhas que é já uma imagem de marca da cidade de Beja. Segundo a Câmara Municipal, este ano, o evento tem como temas de fundo “o maravilhoso da tradição oral, a mediação da leitura na infância e na juventude, sublinhando alguns géneros menos discutidos e que parecem constituir-se como boas ferramentas para os mediadores: a poesia e a microficção”.

Os visitantes poderão contar com conferências e oficinas de escrita com vários autores, como Maria Teresa Andruetto, Afonso Cruz, Evélio Cabrejo Parra, Afonso Cruz, João Pedro Mésseder, Rodorin, António Fontinha, Corália Rodriguez, entre muitos outros.

Para além do já esperado Palavras Andarilhas, Beja receberá o Festival de Contos do Mundo que trará contadores de todo o mundo e que oralmente contarão histórias que falam de outros lugares e de outros sonhos. Este festival chega à cidade e instalar-se-á no Centro Histórico e no Jardim Público.

Destacamos os fins de tarde no Jardim Público, as noites passadas na companhia dos narradores que vêm de Portugal, Espanha, Argentina, Cuba, Irlanda e Japão, bem como o espetáculo “Pasta e Basta – Um mambo italiano” que conta com textos de Afonso Cruz e estreia-se em Beja procurando o interesse de crianças a partir dos três anos. O Jardim Público de Beja - 24 e 28 de agosto - volta a ser palco de mais uma edição do “Palavras Andarilhas”.

O “Palavras Andarilhas” teve a sua primeira edição há 14 anos, em 1999 e os temas fortes desta 14ª edição são a tradição oral e a mediação da leitura na infância e na juventude.

 

Imagem daqui

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.