27 Setembro 2019      11:59

Está aqui

Odemira celebra centenário de Amália

O concelho de Odemira não esquece a o nome maior do Fado português, Amália Rodrigues, e mantém viva a memória da fadista que tinha no concelho a sua residência de férias e onde existe até uma praia com o seu nome. E é em Odemira que se vai dar início às comemorações do centenário do nascimento da fadista, com um vasto programa de atividades a realizar por todo o país e que se estenderão até ao final de 2020. Recorde-se que Amália Rodrigues nasceu a 23 de julho de 1920 e faleceu a 6 de outubro de 1999.

Uma parceria entre o Município de Odemira e a Fundação Amália Rodrigues, promove “Odemira recorda Amália”, um evento evocativo e de homenagem e que é composto por diversas ações que ao longo do mês de outubro, todas com entrada livre.

No dia 12 de outubro, entre as 10.00 e as 17.00 horas, a casa de férias da Amália Rodrigues, junto à localidade do Brejão, na freguesia de S. Teotónio, abrirá as suas portas para visitas. Pelas 15.30 horas será exibido “Amália - o Filme”, realizado por Carlos Coelho da Silva em 2008, no Centro Sociocultural do Brejão e pelas 17.00 horas decorrerá uma Missa Campal na Quinta da Amália.

Para a noite de 12 de outubro, a partir das 21.30 horas, está agendada uma Noite de Fados, no Centro Sociocultural do Brejão, que contará com a atuação das fadistas Ana Valadas, Joana Luz e Fábia Rebordão.

Entre os dias 2 e 31 de outubro, a Biblioteca Municipal José Saramago, em Odemira, receberá uma mostra documental sobre a vida e obra de Amália Rodrigues.

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.