19 Novembro 2019      11:11

Está aqui

"O Alentejo está a perder 8 pessoas por dia"

Carlos Pinto de Sá, Presidente da Câmara Municipal de Évora

“O Alentejo está a perder oito pessoas por dia”, denunciou ontem, 18 de novembro, o presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, numa conferência organizada pelo Jornal Económico e a Altice Portugal, na Universidade de Évora, a propósito de inovação no mercado de trabalho.

Para o autarca a solução passa por uma economia diversificada e maior equilíbrio entre os centros urbanos e o mundo rural. "Évora é apenas um ponto" num vasto território que acolhe também atividades "que fixam população".

Para Pinto de Sá o poder local é o maior responsável pelo facto de o interior não estar a sofrer um despovoamento mais acentuado e tem sido também o poder local a "garantir" infraestruturas e a promover a fixação de empresas, dando o exemplo do gigante aeronáutico Embraer em Évora. O autarca considera a relação entre poder local, a universidade e empresas na construção do cluster aeronáutico como um bom exemplo que pode ser replicado em outras regiões com o mesmo problema do despovoamento.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.