20 Junho 2019      13:04

Está aqui

Novo hotel Vila Galé vai "colocar Elvas no mapa turístico em Portugal"

O primeiro projeto do programa governamental Revive, que cede à exploração de privados edifícios históricos, foi o Convento de São Paulo em Elvas, e, segundo o Grupo Vila Galé, o vencedor do concurso, o hotel que está já concluído, num investimento de 5 milhões de euros, vai ser inaugurado a 22 de junho, com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa.

O novo hotel, de 64 quartos, dois restaurantes, spa, piscina exterior, bar, adega e salas para coferências e eventos vai criar 50 postos de trabalho e será também “uma espécie de museu”, tendo como tema as fortificações militares portuguesas pelo mundo, e “fazendo jus à história de Elvas, classificada pela UNESCO como património mundial pelas suas fortificações”. Segundo Gonçalo Rebelo de Almeida, administrador do grupo hoteleiro, o novo hotel vai ajudar a “colocar Elvas no mapa turístico em Portugal”.

Exemplo da arquitetura setecentista em Elvas, o Convento de São Paulo constitui a quarta e última casa da Ordem de São Paulo começada a construir em 28 de outubro de 1679 e concluída em 31 de dezembro de 1721.

Após a extinção das ordens religiosas, o convento entrou num processo de degradação que culminou no incêndio que o arrasou definitivamente. A igreja manteve-se na posse da Irmandade da Ordem Terceira de São Domingos até 1886 e foi, no ano seguinte, entregue ao Regimento de Cavalaria de Elvas que nela instalou o tribunal militar. O edifício estava já sem uso e em avançado estado de degradação.
 
O programa Revive promove a recuperação de imóveis públicos de elevado valor patrimonial, geralmente sem utilização,, através da realização de investimentos privados que os tornem aptos para afetação a uma atividade económica lucrativa, com vocação turística, nomeadamente, nas áreas da hotelaria, da restauração, das atividades culturais, ou outras formas de animação e comércio, preservando-se os valores e pressupostos que determinaram a dominialidade desses bens e a propriedade pública dos mesmos, mas encontrando mecanismos que permitam prosseguir os objetivos de reabilitação e valorização de património visados.

Imagem de capa de Willen Moura

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.