16 Dezembro 2018      11:59

Está aqui

Moura: Concessão do Convento do Carmo em concurso

Já foi lançado o concurso público para a concessão do Convento do Carmo, em Moura.

Ao abrigo do programa Revive – o programa governativo que prevê ceder imóveis públicos a privados para serem recuperados e usados para atividades económicas – foi o primeiro da Ordem dos Carmelitas fundado na Península Ibérica, em 1251.

Um comunicado conjunto das secretarias de Estado do Turismo e da Cultura revela que os interessados neste imóvel devem apresentar propostas até ao dia 16 de abril de 2019 e é objetivo, além da recuperação do convento, mas também atrair investimento e dinamizar o turismo, criando riqueza e postos de trabalho, revelou a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

O Convento do Carmo é constituído pela Igreja de N. Sra. do Carmo, por um claustro e por um complexo conventual; está classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1944.

Só a igreja não faz parte do acordo com o Revive e que recuperará este convento que a autarquia considera de “inestimável valor patrimonial e sentimental para os habitantes do concelho".

O programa Revive prevê recuperar imóveis para os tornar aptos para atividades económicas, nomeadamente nas áreas de hotelaria, restauração e cultura, ou outras formas de animação e comércio e já recuperou vários imóveis no Alentejo como, por exemplo, o Convento de S. Paulo, em Elvas, e a coudelaria de Alter do Chão.

O concurso para a concessão do Convento do Carmo é o 13.º a ser lançado no âmbito do Revive, e está também aberto o concurso para concessão do Convento de São Francisco, em Portalegre.

 

Imagem de revive.turismodeportugal.pt

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.