7 Março 2019      18:55

Está aqui

Moura, Barrancos, Mourão e Vidigueira com marcha lenta por melhores acessos

Álvaro Azedo, presidente da Câmara de Moura
Os municípios de Moura, Barrancos, Mourão e Vidigueira uniram-se para realizar uma Marcha Lenta, em defesa de melhores acessibilidades para a região.
 
O protesto foi consensualizado entre os municípios, após ter sido entregue um documento conjunto, ao Ministro das Infraestruturas e Habitação, onde estavam enumeradas várias preocupações, relacionadas com as acessibilidades na região, designadamente as estradas nacionais n.º258, n.º385, n.º386, n.º387 e estrada regional n.º258.
 
Em comunicado os municípios explicam que a atual situação destas vias "coloca em causa a segurança rodoviária, mas é também vista como um obstáculo ao desenvolvimento e captação de investimento para estes concelhos".
 
A marcha lenta está marcada para o próximo dia 18 de março. A iniciativa tem início em Vidigueira, pelas 9 horas, chega a Moura cerca das 10 horas, junto à EB1 dos Bombeiros, seguindo depois para Barrancos, onde às 12 horas, na Praça do Município, serão prestadas declarações públicas pelos autarcas dos municípios de Barrancos, Moura, Mourão e Vidigueira.
 
Álvaro Azedo, Presidente da Câmara Municipal de Moura, considera esta uma iniciativa extremamente importante para mostrar ao poder central que a desertificação da região também se combate intervindo nas vias de comunicação, fator determinante para o investimento e dinamização da economia local. Por isso o autarca considera também importante a participação de todos na Marcha Lenta de 18 de março.
 
Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão
 
 
 
CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.