8 Fevereiro 2019      12:25

Está aqui

Monforte precisa de 600 mil euros para expor 16000 azulejos da rainha Santa Isabel

Com o objetivo de albergar os cerca de 16000 azulejos que retratam vida e milagres da rainha Santa Isabel, a autarquia de Monforte pretende investir perto de 600 mil euros na criação de um museu.

Além da vida da Rainha Santa, existem azulejos onde figuram os milagres de São Francisco e painéis não figurativos compostos por motivos seriados.

O espólio é propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Monforte e estavam colocados originalmente na a Igreja do antigo convento do Bom Jesus, demolida em meados dos anos 40. Desde então os azulejos estão armazenados em 59 caixotes de madeira.

O projeto procura agora garantir o financiamento necessário para salvaguardar e expor devidamente este património, sendo o mesmo candidato a financiamento do “Programa Valorizar – Linha de Apoio à Valorização do Interior”.

A intenção da autarquia de valorizar este património azulejar remonta a 2006, data em que foi assinado um protocolo de colaboração entre a Santa Casa da Misericórdia e a Câmara de Monforte e que previa a transferência e exposição do espólio em instalações municipais, e que, seis anos mais tarde, viriam a ser inventariados e remontados em exposição.

Além dos painéis figurativos alusivos à vida e milagres da Rainha Santa Isabel, o espólio é também constituído.

 

Imagens de cm-monforte.pt

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.