2 Fevereiro 2019      11:06

Está aqui

Mau tempo deixa marcas no Alentejo

A passagem da tempestade Helena pela Península Ibérica - centrada a noroeste do golfo de Biscaia, no norte de Espanha – deixou marcas no Alentejo e derrubou cerca de duas dezenas de árvores em vias públicas, obrigando ao corte de trânsito em algumas delas.

O forte vento e chuva, levou à queda de sete árvores no distrito de Évora, sobretudo nos concelhos de Évora e Montemor-o-Novo. Uma delas obrigou mesmo ao corte da estrada nacional entre Redondo e Évora.

Em Beja o CDOS registou seis quedas, tal como em Portalegre, onde o concelho de Castelo de Vide foi o mais afetado.

Seis árvores caíram também hoje no distrito de Portalegre, a maioria na zona de Castelo de Vide, sem causar danos materiais.

Coimbra foi o distrito nacional mais afetado sendo que foram registadas, em todo o país, mais de 1100 ocorrências.

Os alertas amarelo e laranja do IPMA emitiu avisos laranja e amarelo para hoje e sábado, devido ao vento, para todos os distritos de Portugal continental, exceto Évora, e devido a neve para Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Aveiro e Coimbra.

 

Imagem de jornaldocentro.pt

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.