1 Janeiro 2019      10:14

Está aqui

Balanço 2018: Investigadores de Évora entre os mais citados do mundo

Os investigadores da Universidade de Évora, Miguel Araújo e Pedro Areias, estão entre os quinze cientistas portugueses que integram a lista dos investigadores com publicações científicas de maior impacto mundial da “2018 Highly Cited Researchers”.

Na categoria Cross-Field os artigos Pedro Areias foram citados, respetivamente 2763 vezes e na área Ambiente/Ecologia 23909 vezes,

Miguel Araújo está mesmo entre os 4058 cientistas mais citados ao nível mundial, em 21 diferentes áreas científicas.

Esta classificação é elaborada anualmente pela Clarivate Analytics, e a “Highly Cited Researchers” incide apenas nos artigos altamente citados, que representam 1% do que se publica internacionalmente.

Na lista deste ano, pela primeira vez, foi introduzida a categoria Cross-Field; o objetivo foi o de identificar investigadores com influência substancial em várias áreas científicas durante a última década, e onde Pedro Areias, Professor Auxiliar no Departamento de Física da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade de Évora, acabou por se destacar, sendo os seus artigos citados em média 38 vezes por dia.

Já os artigos de Miguel Araújo, investigador convidado da Rede de Investigação em Biodiversidade e Biologia Evolutiva- CIBIO-INBIO e este ano galardoado com o prémio Ernst Haeckel, são citados, em média, 177 vezes por dia.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.