25 Agosto 2016      11:04

Está aqui

IMUNIDADE DIPLOMÁTICA

Os acontecimentos de Ponte de Sor, onde um cidadão português, foi brutalmente agredido por dois irmãos, que se escudaram, na sua imunidade diplomática, para fugirem as suas responsabilidades.

A realidade é, que caso não existisse o Pro-Maior de serem filhos de um diplomata, estariam agora indiciados num processo, onde o número de crimes é maior do que aquele que podemos apontar… sem conhecer a fundo o processo, e apenas pelo que se ouve na comunicação social, pelo menos teríamos, condução sob o efeito do álcool, condução sem título que os habilitasse, agressão, omissão de auxílio, para além da premeditação, etc… etc…

Mas como os dois irmãos são portadores de passaporte diplomático, foram postos em liberdade e criaram um imbróglio que aparentemente não consegue ser desatado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros…

A figura da imunidade diplomática é criada para permitir que os diplomatas possam desempenhar as suas funções sem serem condicionados na sua liberdade de circulação… não foi criada para os proteger da prática de crimes, ou pelo menos questões menos claras.

O nosso presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, já manifestou mal-estar com a situação… afinal, filho de embaixador não é embaixador… e esta em causa a vida de um cidadão português.

Ao fim de alguns dias de agonia, e ao momento em que escrevo esta cronica, o agredido apresenta melhorias… espero que ate a publicação do presente assim se mantenha… porque todos os jovens são poucos para garantir o futuro da nossa nação.

Pessoalmente, espero que o Dr. Santos Silva, que noutras ocasiões se mostrava feroz, acabe por fazer aquilo que, na minha opinião, deve fazer… exigir pela via diplomática que os gémeos venham a ser julgados em Portugal pelos crime que admitem publicamente ter cometido… é que alegar que os cometeram, porque todos os dias acontecem, ou que foram objeto de xenofobia não colhe qualquer tipo de simpatia da minha parte… primeiro porque não corresponde a verdade… nem acontecem estes casos todos os dias, nem os portugueses são xenófobos… depois um criminoso é sempre um criminoso, tenha ou não passaporte diplomático.

Imagem de capa daqui.

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.