17 Dezembro 2017      12:13

Está aqui

HÁ CATALUNHA NO ALENTEJO

Foi inaugurada no sábado, no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, em Évora, a exposição de fotografia “Ascendência Catalã - Contributo positivo de uma migração”.

A exposição da fotógrafa e videasta Maria do Carmo Duque aborda a imigração e a presença social e económica Catalã, no Alentejo, essencialmente na vila de Azaruja, onde os migrantes se instalaram, em meados do século XIX, trazendo conhecimento da indústria corticeira e que transformou a região de Azaruja numa zona agro – industrial, com uma dinâmica socioeconómica muito própria.

Na exposição, as fotografias surgem acompanhadas por poesias de Raquel Gaspar Silva, pretende dar a conhecer e valorizar a particularidade da história da vila de Azaruja como exemplo de migração positiva.

Estará patente ao público até 17 de fevereiro de 2018, numa organização da Direção Regional de Cultura do Alentejo - Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo e que conta com o apoio do Município de Évora, da Junta de Freguesia de S. Bento do Mato e da Generalitat de Catalunya.

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.