25 Agosto 2019      12:09

Está aqui

Há “Articulações” expostas em Beja

Em Beja, no Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Imaterial, há “Articulações” expostas.

“Articulações” é o nome da exposição de Eduardo Freitas e que foi inaugurada no passado dia 23.

Patente até 21 de outubro, a exposição é o resultado da primeira residência artística no Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Imaterial da cidade alentejana.

Num misto de contemporaneidade e tradição, a exposição reflete a anatomia e a articulação do corpo humano e da conexão natural entre os ossos, processo que permitem que o corpo se mova.

O movimento do corpo foi o que serviu de inspiração ao artista Eduardo Freitas, que já viveu em diversas partes do Alentejo como Beja, Évora, Vila Viçosa, Sines, Montemor-o-Novo ou Beringel, viajando e visitando todo a imensa região.

A exposição é uma interação e ligação entre várias vertentes artísticas explorado conhecimentos da olaria, da cerâmica, do desenho, da arte sonora e até da gastronomia.

Esta exposição é parte do projecto 1234REDES.CON – um projeto INTERREG V-A Espanha-Portugal cofinanciado pela União Europeia - e que resulta de uma colaboração entre sete instituições espanholas e portuguesas.

 

 

Imagem de Facebook

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.