12 Dezembro 2018      10:36

Está aqui

Festas do Povo de Campo Maior podem ser classificadas pela UNESCO

As Festas do Povo de Campo Maior passaram a estar inscritas no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial. A Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) justificou a decisão favorável alegando um dos fundamentos foi a importância de que se reveste esta manifestação do património cultural imaterial, enquanto “reflexo da identidade” da comunidade em que a tradição se originou e se pratica.

“Foram igualmente consideradas a produção e a reprodução efetivas que caracterizam esta manifestação do património cultural na atualidade, traduzida em práticas transmitidas intergeracionalmente no âmbito da comunidade de Campo Maior, com recurso privilegiado à oralidade”.

As festas são conhecidas por apresentarem dezenas de ruas ornamentadas com flores de papel, sobretudo do centro histórico, resultado do trabalho da população. Em 2015 o evento contou com a participação de 7500 voluntários, que embelezaram 99 ruas, por quase 10 quilómetros de extensão.

As festas só se realizam quando a população da vila alentejana quer e são reconhecidas internacionalmente pela sua “originalidade e cariz popular”, com os habitantes a prepararem, durante meses, a ornamentação das ruas e, com esta classificação, podem agora candidatar-se a Património da Humanidade da UNESCO.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.