14 Julho 2019      10:24

Está aqui

Estremoz: interior do castelo reabilitado por unidade hoteleira

O Tribuna Alentejo avançou a notícia em agosto de 2018: a antiga Casa da Câmara ou Casa do Alcaide-Mor, em Estremoz, tinha sido vendida em hasta pública à Sociedade Agrícola Monte das Barrocas, por 180 mil euros. Após uma primeira venda a uma empresa norte-americana e que acabou anulada, a Câmara Municipal de Estremoz decidiu levá-la a novo leilão sendo vendida à empresa sediada no concelho..

Avançava-se, à data, que o edifício de estilo manuelino, classificado como monumento nacional desde 1924, em ruínas há várias décadas, viria a ser um hotel de charme.

Situado na zona do castelo da cidade, o edifício está datado do século XV; conta com três andares 423 m2 de área coberta e 556 m2 de descoberta.

Adquirido por Jorge Godinho, adianta o Expresso na edição deste fim de semana, que o empresário decidiu requalificar um quarteirão completo, todo o casario do bairro no centro histórico da cidade alentejana e onde se encontram diversos imóveis num estado de degradação, recuperando assim o património histórico da cidade e dando uma nova cara ao interior do seu castelo e onde terá falecido , em 1336, a rainha Santa Isabel.

 

Imagem de upload.wikimedia.org

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.