9 Setembro 2018      10:54

Está aqui

Ensino Superior no Alentejo com mais alunos

Após a conclusão da a primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público é possível concluir que a Universidade de Évora e o Politécnico de Portalegre tiveram mais estudantes colocados na 1ª Fase, em comparação com o ano passado. Em sentido inverso está o Politécnico de Beja.

Segundo dados do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, nesta primeira fase, a nível nacional, foram colocados 43 992 novos estudantes.

A Universidade de Évora conta agora com mais 1012 novos estudantes, um aumento de cerca de duas dezenas em relação ao número de entradas de 2017, restando quase 180 vagas para as candidaturas da 2ª fase e não tendo registado qualquer entrada para o curso de Arquitetura Paisagística.

O Politécnico de Portalegre teve um aumento de 10 alunos, face ao ano transato, e viu serem colocados 241 novos estudantes, faltando preencher 296 vagas para a segunda fase do concurso. Os cursos de Tecnologias de Produção de Biocombustível e Educação Básica não registaram qualquer entrada, estando ainda livres 42 vagas.

A sul, o Politécnico de teve um decréscimo de 25 alunos, tendo sido colocados 213 alunos e estando ainda 321 vagas por preencher.

Os cursos de Engenharia do Ambiente e Tecnologias Bioanalíticas, ambos com 25 vagas cada, não tiveram nenhum aluno interessado.

 

Imagem de static.noticiasaominuto.com

 

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.