5 Novembro 2019      14:53

Está aqui

Dona da Zara comprou 340 hectares da península de Troia para resort de luxo

A herdeira do império espanhol Zara, Sandra Ortega, comprou à Sonae 340 hectares na península de Troia, para um novo resort turístico de luxo. A aquisição custou 50 milhões de euros e o projeto turístico, que dá pelo nome Ferrado Comporta, tem como sócio minoritário José António Sousa Uva, proprietário da herdade São Lourenço Barrocal em Monsaraz.

Em declarações ao jornal Expresso, Sousa Uva defende que este novo projeto turístico é para de desenvolver a longo prazo e que no imediato, a filha do fundador da Inditex (ZARA), vai investir 20 milhões de euros na reflorestação e recuperação das dunas. “É um projeto turístico em Troia que distingue por não ter fins especulativos e ser um investimento de longo prazo, em que iremos desenvolver apenas 20% da capacidade prevista no plano de pormenor, que é o que esta duna suporta sem ser devassada por construção”.

O processo envolve arrancar os eucaliptos plantados nos anos 60, além de outras infestantes como acácias, substituindo-os por pinheiros ou zimbreiras, numa intervenção em 200 hectares. Em projeto está, numa primeira fase, a construção de 100 unidades de alojamento, distribuídas por um hotel e um aldeamento turístico, a concluir até meados de 2024.

O resort terá um posto médico para servir a população, dotado de um heliporto para o INEM e um parque de estacionamento com 750 lugares. Dentro do resort não haverá automóveis, e a circulação é feita em bicicletas ou buggies.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.