5 Outubro 2017      17:49

Está aqui

CRISE NO HOSPITAL DO LITORAL ALENTEJANO GERA TENSÃO COM MINISTÉRIO DA SAÚDE

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, solicitou ontem, com caráter de urgência, uma reunião ao Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, por alegada existência de "graves problemas na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), em particular no Hospital do Litoral Alentejano".

Segundo comunicado do município há falta de recursos humanos naquela unidade hospitalar, que "colocam em risco o funcionamento do serviço de paliativos e mesmo o encerramento do serviço de convalescença, situação confirmada pelo Presidente do Conselho de Administração da ULSLA, Luís Matias".

No ofício enviado ao Secretário de Estado da Saúde, Álvaro Beijinha exige “medidas efetivas e urgentes com vista a ultrapassar imediatamente esta situação” já que esta não é a primeira diligência junto do ministério e "ainda que Manuel Delgado se tenha comprometido a reavaliar a situação, a verdade é que, ao invés de melhorar, a situação está mesmo a agudizar-se".

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.