28 Março 2020      13:27

Está aqui

Covid-19: CIMAA e autarcas socialistas de Portalegre desconheciam carta das restantes autarquias

O presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) Hugo Hilário, em declarações à Rádio Portalegre, fez saber que a CIMAA e os autarcas socialistas do distrito de Portalegre não tiveram conhecimento formal da carta divulgada pelos autarcas dos restantes concelhos do Alto Alentejo e que pedia quarentena obrigatória para quem chega aos seus concelhos vindo de fora, como o Tribuna Alentejo noticiou.

Foram sete os municípios - Castelo de Vide, Marvão, Portalegre, Avis, Monforte, Arronches e Fronteira – que defenderam o isolamento obrigatório para todos os que entrem no distrito de Portalegre, numa carta enviada à Coordenadora da Unidade de Saúde Pública da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano e, sabe-se agora, não falaram com os autarcas socialistas do Alto Alentejo nem com a CIMAA, presidida pelo autarca socialista de Ponte de Sor.

O autarca socialista de Ponte de Sor e presidente da CIMAA, Hugo Hilário, reconhece que o órgão não teria competência para decidir sobre a o pedido realizado, mas que os restantes autarcas deviam ter dado conhecimento da intenção.

Hugo Hilário, em entrevista à Rádio Portalegre disse mesmo que “nesta altura os autarcas devem estar mais unidos que nunca, sem olhar a cores partidárias, para combater um flagelo que ninguém esperava que atingisse esta gravidade”.

Já José Pio, presidente da Câmara de Gavião, sobre o tema acrescentou que já “existir lei que define que tem de ficar de quarentena” e os concelhos devem cumprir todas as recomendações já emanadas pela Direção Geral de Saúde e pelo Governo.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.