26 Janeiro 2017      11:05

Está aqui

CORAL ÉVORA, O CORO QUE CANTOU PARA O PAPA

Fundado em 1978, O Coral Évora fez a sua apresentação pública no dia 31 de Janeiro de 1979 na Igreja da Graça, em Évora. E é na Igreja da Graça que dá o concerto de aniversário no próximo dia 4 de fevereiro, às 16h30, com entrada livre. São 38 anos de concertos brilhantes que o fez merecer várias distinções como o estatuto de Utilidade Pública em 1993, ou a medalha de mérito da Câmara Municipal de Évora em 2008.

Para além de já se ter feito ouvir em todo o país, o Coral Évora conta também na sua história com inúmeros concertos no estrangeiro, de onde destacamos a participação no célebre Chartestivales 2012, em Chartres, cidade francesa com quem mantêm uma relação especial.

Composto atualmente por 48 elementos distribuídos pelos naipes femininos (31) e masculinos (17), o Coral Évora tem promovido e fomentado o intercâmbio com outros corais, nacionais e estrangeiros, "a bem da arte e da cultura", como defende António Louro Alves, um dos seus coralistas e já recebeu na sua cidade, corais de França, Espanha, Senegal, Brasil, Israel e Bélgica. Provavelmente um dos pontos mais elevados e exigentes da sua história foi a sua participação nas celebrações litúrgicas aquando da visita do Papa João Paulo II a Vila Viçosa.

Estão no seu currículo a participação na gravação “Os melhores Coros da Região do Alentejo” produzido por Heinz Frieden com o apoio do Ministério da Cultura. Trabalhou também com a “RONDA DOS QUATRO CAMINHOS” no Teatro Garcia de Resende em Évora, para comemorar o seu 18º aniversário e lançou o seu próprio trabalho em 2003, “Da Planície Nasce o Sonho…E do Sonho Se Faz Voz…”.

Do seu reportório constam mais de três centenas de peças nacionais e estrangeiras, que vão do popular ao clássico e do medieval ao contemporâneo. O Coral Évora é neste momento dirigido pelo maestro Pedro Nascimento.

1 Comment

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.
António Louro Alves (não verificado)    2 anos 8 meses
Comentário: 
Gratos pelo artigo e pela divulgação