27 Junho 2017      07:11

Está aqui

CAMANÉ E CHAINHO NO FESTIVAL FLAMENCO E FADO EM BADAJOZ

O Festival Flamenco E Fado Badajoz prepara-se para encher de música as noites de verão de Badajoz, entre 6 e 8 de Julho de 2017 e, após 10 anos de programação, é já um encontro anual entre Flamenco e Fado, duas expressões maiores da música espanhola e portuguesa, ambas Património Imaterial da Humanidade da UNESCO.

Badajoz, capital transfronteiriça da Extremadura, com uma estreita relação cultural, social e comercial com os vizinhos da Raia contribui assim todos os anos para a descoberta do fado pelo público espanhol e, ao mesmo tempo, promove o flamenco junto do público português, que é já um público fidelizado com o festival.

Os espectáculos decorrem no Auditório Municipal Ricardo Carapeto, com várias propostas artísticas. Na quinta-feira, 6 de Julho, pelas 22:00 horas, inaugura o festival o Ballet Nacional de Espanha que apresenta duas coreografias: Zaguán e Alento, dirigidas por Antonio Najarro.

A 7 de Julho é dia de dupla atuação a partir das dez da noite. A primeira parte consiste no espetáculo Mediterráneas, com duas potentes vozes, a da israelita Noa e a da espanhola Pasión Vega, cheias de ritmos e mestiçagem musical.  Na segunda parte da noite chega o fado pela mão do Mestre da guitarra portuguesa António Chainho, que dispensa apresentações.

Para encerrar este festival, no sábado, 8 de Julho, sob o título de ‘Familia Porrina’, terá lugar uma representação sobre o que significou o vasto tronco familiar do Porrina de Badajoz, que é quem inspira este espetáculo inédito e o fecho está entregue ao fadista Camané, que se destaca por possuir uma especial sensibilidade musical e uma voz única na arte de cantar o fado.

Ao longo destes anos já passaram pelo palco do Festival de Flamenco y Fado de Badajoz artistas como Carminho, Cuca Roseta, Dulce Pontes, Ricardo Ribeiro, António Zambujo, Carlos do Carmo, Cristina Branco, Sidónio Pereira, Joana Amendoeira, Mariza, Paulo de Carvalho, Gisela João, Sara Tavares, entre outros, que partilharam palco com nomes tão representativos do flamenco como Paco de Lucía, Vicente Amigo, Niña Pastori, Carmen Linares, Enrique y Estrella Morente ou Sara Baras, fazendo vibrar o público num lugar mágico, sem fronteiras, onde se unem os estilos musicais mais representativos dos dois lados da Raia.

O Festival Flamenco e Fado Badajoz é patrocinado pelo Governo Regional da Extremadura e a Câmara Municipal de Badajoz, e organizado pelo Consórcio López de Ayala.

O programa completo pode ser visto aqui.

Imagem de capa de  Arlindo Camacho e Carlos Manuel Martins

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.